Publicidade
Esportes
Craque

Flamengo vence Vasco e espanta crise

Após o gol de pênalti de Ronaldinho Gaúcho aos 47 minutos do segundo tempo, o Rubro-Negro venceu por 2 a 1 e garantiu a classificação antecipada para as semifinais da Taça Rio 07/04/2012 às 19:49
Show 1
Ronaldinho faz gol de pênalti e salva o Mengão
Lancenet Manaus

Com ares dramáticos, o Flamengo espantou em parte a crise que viveu durante toda a semana. Com um gol de pênalti de Ronaldinho aos 47 minutos do segundo, o Rubro-Negro venceu por 2 a 1 e garantiu a classificação antecipada para as semifinais da Taça Rio.

O jogo começou movimentado. O Vasco entrou com três atacantes mas a proposta ofensiva não se traduzia em campo já que faltava um armador, pois o meio de campo estava sendo formado por três volantes. Já o Flamengo tinha em Ronaldinho o homem da organização das jogadas. Foi dos pés dele, logo no início, que o Rubro-Negro chegou ao gol. O camisa 10 enfiou uma bola para Vagner Love, que girou em cima de Rodolfo, chutou e, no rebote de Fernando Prass, Deivid empurrou para o fundo da rede. No lance, o zagueiro vascaíno colocou mais uma falha para sua conta.

Após o 1 a 0, o jogou passou a ficar mais equilibrado, com lances de perigo de ambos os lados. Vagner Love seguia incomodando a zaga cruz-maltina, principalmente fazendo o papel de pivô para a chegada de quem vinha de trás. O Vasco continuava tendo dificuldades na criação da jogada, mas o quadro se manteve até o fim do primeiro tempo.

Na segunda etapa, Cristovão Borges abriu mão do esquema 4-3-3, tirou o atacante William Barbio e colocou o apoiador Diego Souza. O Gigante da Colina, então, melhorou sensivelmente. O camisa 10 entrou com vontade e, logo quando teve a primeira oportunidade, mostrou mais uma vez que tem brilho em grandes jogos. Numa falha do zagueiro Welinton, chegou como elemento surpresa e empatou.

A partida, então, ganhou emoção e o jogo se tornou "lá e cá". Ronaldinho acertou uma bela cobrança de falta no travessão e Eder Luis chegava com perigo e em velocidade. Allan fez uma jogada linda pela direita, dando uma lambreta em Junior Cesar e chutando com perigo. Léo Moura perdeu a chance do jogo no fim da partida, quando saiu cara a cara com Fernando Prass mas chutou para fora.

A igualdade no placar, então, se manteve até o fim e,com o resultado, ambos os times ficaram com a classificação bem encaminhada para as semifinais da Taça Rio.


FICHA TÉCNICA:
VASCO 1 X 2 FLAMENGO
 
Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 7/4/2012 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner dos Santos Rosa (RJ)
Assistentes: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Francisco Pereira de Souza (RJ)
Renda/público: R$ 302.734,00 / 10.461 pagantes
Cartões amarelos: Renato Silva, Thiago Feltri, Alecsandro (VAS); Léo Moura, Kleberson (FLA)
Cartões vermelhos: Não teve
GOLS: Deivid, 16'/1ºT (0-1); Diego Souza, 5'/2ºT (1-1); Ronaldinho, 47'/2ºT
 
VASCO: Fernando Prass, Fagner (Nilton, 31'/2ºT), Renato Silva, Rodolfo e Thiago Feltri; Rômulo, Eduardo Costa e Fellipe Bastos (Allan, 26'/2ºT); Eder Luis, Alecsandro e William Bastos (Diego Souza, intervalo). Técnico: Cristovão Borges.

FLAMENGO: Felipe, Léo Moura, Marcos González, Welinton e Junior Cesar; Willians (Rômulo, 10'/2ºT), Kleberson, Bottinelli (Luiz Antônio, 26'/2ºT) e Ronaldinho; Deivid (Diego Maurício, 30'/2ºT) e Vagner Love.