Publicidade
Esportes
Base do Peladão

Futuro da Colina representa bem o Vasco e goleia o Leão do Norte

Representando a escolinha do Vasco, os garotos do Núcleo Oficial Futuro da Colina/Manaus golearam o A.C. Leão do Norte por 7 a 0 e se credenciam ao título do Peladinho 2017 23/10/2017 às 14:29
Show av
Meninos do futuro da Colina deram um show de bola no Campo da Petrobras (Foto: Jair Araújo)
Denir Simplício Manaus (AM)

O Gigante da Colina mostrou sua força no último sábado (21), no Campo da Petrobras, na Zona Sul de Manaus, para mais um duelo do Peladinho. Isso porque o time da escolinha do Vasco da Gama, o Núcleo Oficial Futuro da Colina/Manaus, massacrou o Atlético Clube Leão do Norte por 7 a 0 e se manteve 100% na luta pelo título deste ano.

Com gols marcados por Yheel, Matheus Henrique (2 vezes), Juan (2 vezes), Ivo e Lucas, os futuros craques do Cruzmaltino passearam em campo e chegaram a quarta vitória seguida na competição de base do Peladão.

No quintal de casa

Com dois núcleos em Manaus, um na Cidade Nova e outro sendo no próprio Campo da Petrobras, os pupilos do técnico Esquerdinha se sentiram em casa. Conhecendo cada centímetro do gramado, os garotos do Gigante da Colina cresceram pra cima do Leão do Norte e não deixaram o time do Nova Cidade “urrar” em campo.

Jogando em casa, os meninos do Futuro da Colina passearam (Foto: Jair Araújo)

“Fazemos intercâmbio com o Vasco da Gama. Muitos desses garotos já foram pro Rio de Janeiro fazer testes em São Januário. Estão pegando experiência pra quem sabe mais pra frente permenecer no clube”, comentou o treinador Esquerdinha, que foi lateral-esquerdo do Nacional no fim dos anos 1990.

Problemas no Leão

Se por um lado o time do Futuro da Colina jogava em casa e contava com o elenco completo, o mesmo não aconteceu na equipe do Leão do Norte. Problemas na regularização de parte do plantel da equipe da Zona Norte forçou o time do técnico jovem Marcelo Albuquerque a entrar em campo com apenas 10 jogadores contra os meninos da Colina.

O técnico Marcelo teve de se virar com apenas 10 atletas em campo (Foto: Jair Araújo)

Com tantas dificuldades, se vencer o time bem estruturado do Futuro da Colina já era difícil, com um garoto a menos em campo e sem banco de reserva, a missão do Leão do Norte se tronou praticamente impossível. E o placar no fim da partida mostrou isso.

Duelo de gerações

Resultado do jogo à parte, um detalhe chamou a atenção no duelo entre Futuro da Colina e Leão do Norte: a diferença de ‘rodagem’ de seus comandantes.

Marcelo e Esquerdinha em encontro de gerações de professores no Peladinho  (Foto: Jair Araújo)

Dirigindo o Futuro da Colina, Arlício dos Santos, o Esquerdinha, tem 47 anos e rodou o Brasil atuando em equipes como o Fluminense-BA, América-MG, Nacional e Cliper, onde encerrou a carreira em 2006. Já no Leão do Norte, Marcelo Albuquerque, de apenas 18 anos, intercala dois sonhos: o de se firmar como volante dentro de campo, e como técnico de futebol, fora dele.

“Tenho meu próprio projeto de futebol desde os 14 anos. Mas sonho em um dia me firmar como volante também”, revelou o técnico do Leão do Norte.