Publicidade
Esportes
Craque

Galo não ‘vaza’ defesa da Caldense e decisão do Mineiro fica para o próximo domingo (3)

Pouco inspirado o Atlético-MG não aproveitou o Mineirão lotado para quebrar a vantagem do time de Poços de Caldas. A finalíssima do Campeonato Mineiro fica para o próximo domingo (3), em Varginha 26/04/2015 às 18:25
Show 1
Galo e Veterana não saíram do 0 a 0 e decidem o Mineirão em Varginha no próximo domingo (3).
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Atlético-MG e Caldense ficaram no empate em 0 a 0 neste domingo (26), no Mineirão e a decisão do Campeonato Mineiro de 2015 fica para o estádio Melão, em Varginha. O Galo até teve maior volume de jogo, mas não conseguiu ultrapassar a melhor defesa da competição até aqui. A zaga da equipe de Poços de Caldas não toma um gol a oito jogos e pode ser campeã se mantiver o retrospecto no próximo domingo (3), no segundo jogo das finais.

Com mais de 53 mil pagantes, a partida no Mineirão registrou o maior público do futebol brasileiro em 2015. Mesmo com o apoio total de seus torcedores, o Galo perdeu a chance de deixar o estádio com a vantagem do confronto.

Jogo tenso

O Atlético teve a primeira chance no cruzamento de Patric pela direita, cortado pela defesa da Caldense. A equipe de Poços de Caldas respondeu no cabeceio de Thiago Azulão, desviando cobrança de escanteio, e bola saiu por cima do gol.

Luan recebeu ótimo lançamento de Dátolo, aos 10 minutos, e concluiu sobre o gol. Em novo chute de longa distância, Rafael Carioca mandou para fora depois de receber bom passe de Luan.

Aos 32, em grande oportunidade, Luan cruzou pela direita e Carlos cabeceou para a defesa de Rodrigo. O próprio Carlos pegou o rebote e finalizou por cima.

Em lance de contra-ataque, aos 41, Luan disparou pela esquerda e encontrou Patric, que finalizou para fora.

Zaga da Caldense firme

O time de Poços de Caldas tem a melhor zaga do Mineiro e não toma gols desde a sexta rodada. Jogando em linha, a defesa da “Veterana” (apelido da Caldense) cansou de deixar o ataque do Galo em impedimento.


O Atlético voltou do intervalo com Thiago Ribeiro no lugar de Luan e levou perigo já no primeiro ataque. No lance, Luan cruzou pela direita e Carlos cabeceou por cima do gol.

Aos 4 minutos, Lucas Pratto fez grande jogada na intermediária e arriscou de longa distância, para fora. Aos 17, Patric foi à linha de fundo pela direita e fez o cruzamento para o corte da zaga.

No ataque seguinte, foi a vez de Luan fazer o cruzamento pela direita, mas a bola passou por Lucas Pratto e o zagueiro não permitiu a finalização de Dátolo.

Aos 21 minutos, Carlos foi substituído por Cardenas, que quase encobriu o goleiro em chute pela esquerda, aos 27 minutos, mas a bola saiu rente ao travessão.

Aos 37, Patric tabelou com Dátolo na grande área pela direita e concluiu para fora. Luan foi à linha de fundo pela direita, aos 46 minutos, e cruzou para o corte da zaga. Foi a última chance de vitória do Galo que tentará a vitória na casa do adversário para conquistar o Campeonato Mineiro de 2015.


FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 0 x 0 CALDENSE
Motivo: Campeonato Mineiro – Final – Jogo de ida
Data: 26/04/2015
Hora: 16:00
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Público pagante: 53.772
Renda: R$ 2.387.910,00
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Márcio Eustáquio Santiago (CBF/MG)
Cartões amarelos: Guilherme (Atlético); Rodrigo, Plínio, Serginho (Caldense)

Atlético
Victor; Patric, Jemerson, Edcarlos e Douglas Santos, Rafael Carioca, Dátolo, Luan e Guilherme (Thiago Ribeiro); Carlos (Cardenas) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

Caldense
Rodrigo Viana; Marcelinho, Paulão, Plínio e Rafael Estevam; Serginho, Yuri, Tiago Azulão (Ewerton Maradona) e Nadson (Tiago Ulisses); Zambi e Luiz Eduardo (Cristiano). Técnico:Leonardo Condé.