Publicidade
Esportes
Craque

Gol anulado contra o Nacional revolta Princesa (AM)

Após jogada de Simão pela esquerda, Renato Gladiador tocou para o fundo das redes e correu para comemorar, mas, o assistente Jeová Rodrigues alegou impedimento de Simão no início do lance 19/03/2012 às 08:44
Show 1
Policiais protegeram trio ao fim do tempo normal
Jornal Acritica Manaus

Um gol anulado aos 46 minutos do 2º tempo contra o Nacional e que daria o título do primeiro turno do Cam,peonato Amazonense ao Princesa, do Solimões revoltou torcida e jogadores do Tubarão. Após jogada de Simão pela esquerda, Renato Gladiador tocou para o fundo das redes e correu para comemorar, mas, o assistente Jeová Rodrigues alegou impedimento de Simão no início do lance. Mesmo após ser analisado por diversos ângulos, a jogada gera contestação.

O experiente meia Neto desabafou ao fim do jogo.

“Fomos prejudicados demais. Nesse momento nós temos que refletir sobre o futebol local. Muitas equipes têm sido prejudicadas diante de certos adversários”, cutucou o jogador.

Em tom mais contido do que o comum, o treinador Aderbal Lana também lamentou a derrota.

 “Todo mundo que veio aqui sabe quem foi o campeão de verdade. Nessa hora que dá vontade de abandonar tudo porque você sofre muito. Você vê uma garotada dessa que tem uma qualidade de vida bem abaixo de qualquer jogador do Nacional, mas que dentro de campo mostraram que são superiores. Penalidade é sorte, é momento e as coisas aconteceram. Mas no fundo, nós fomos os campeões”, disse Lana.