Publicidade
Esportes
Craque

Grandes nomes do MMA participam de treino aberto em Manaus

O Amazon Forest Combat (AFC) terá  dez combates de estrelas do MMA e ainda a presença de ring-girls do porte de Larissa Riquelme, Nicole Bahls e Aryane Stenskopf. 25/03/2012 às 21:31
Show 1
O treinamento ao ar livre foi uma estratégia da organização do evento para pproximar os fãs de seus ídolos que lutam no dia 31 de março, na Arena Amadeu Teixeira
Rudson Peixoto Manaus

Um treino de astros  do Amazon Forest Combat (AFC)aberto ao público movimentou a tarde deste domingo (25), o anfiteatro da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. O treinamento ao ar livre foi uma estratégia da organização do evento para promover uma aproximação maior dos fãs com seus ídolos que lutam no dia 31 de março, na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus

Entre os lutadores que participaram do treino livre deste domingo estão  Murilo Bustamente, Thales Leites, Fabiano Capoane, e os amazonenses Ronys Torres, Rivaldo Júnior, Dileno Lopes e Fernando Vieira.

Murilo Bustamente,  que fará a luta principal do AFC contra Deve Manne, chegou na noite desse sábado (24) a Manaus e diz que apesar de estar 4kg acima do peso permitido pela categoria não terá problemas com a balança e nem com o calor da cidade.


“Estou acostumado com o clima do Rio de Janeiro e o calor de Manaus não irá prejudicar os meus planos para luta. Tenho certeza que até o dia do evento conseguirei o peso ideal com treinos físicos e musculação e não vou precisar usar artifícios como a sauna para alcançar meu objetivo.”, declarou.

Favoritismo e fim da carreira

Bustamante disse que a estratégia para esta luta com Manne será a luta no chão, onde espera que o seu jiu-jítsu possa fazer a diferença.

Apesar do seu otimismo para a luta atribui todo o favoritismo para Menne, que vem de uma vitória e lutou há quatro meses, enquanto ele sente a falta de ritmo.

Na oportunidade, ele também desmentiu os boatos de que após o AFC em Manaus encerraria a carreira.

“Eu tenho planos de ser treinador após encerrar a minha carreira, mas está luta no Amazon Forest Combat (AFC), em Manaus não será o fim para mim. Ainda pretendo fazer pelo menos mais quatro lutas antes de parar”, Afirmou.


Colaborou: Nathália Silveira