Publicidade
Esportes
Craque

Igreja promove lutas de MMA e põe até telão para membros e público assistirem as lutas do UFC

“Por mais que haja sangue nas lutas, o que vale é a lição de disciplina, requisitos importantes na formação do caráter ”, diz o bispo da Igreja Renascer 30/01/2013 às 09:30
Show 1
Juarez e Ninja comandam a edição do Arena Combat Jungle na igreja Renascer
Aline Cabral Manaus (AM)

Igreja e artes marciais nunca estiveram tão próximas na capital amazonense. A polêmica que envolve o templo sagrado foi levantada e uma parceria tem dado o que falar na Igreja Renascer em Cristo, rua Comendador Clementino nº 718, Centro, que utiliza o esporte para levar a palavra de Deus.

Para o Bispo Daniel Rigoleto, 29, natural de São Paulo, que há dois meses comanda a regional da Renascer na capital, a Igreja faz parte da sociedade e tem que interagir com ela. Para ele a arte marcial não prejudica em nada a função da Igreja.

O Bispo liberou o templo para treinos e até para um evento de MMA que acontece no próximo sábado. Ontem, o Manaus Hoje foi ouvir o depoimento do Bispo Daniel Rigoleto.

 “Não vejo nenhum problema em trazer o esporte para dentro da Igreja, pois é uma forma de interação para atrair os jovens com a palavra de Deus e a sociedade. Os eventos que fazemos são abertos e vem quem quer”, explicou.

Daniel recebeu a missão de vir a Manaus e decidiu trazer um pouco da tradição e bandeira levantada pela Igreja Renascer em Cristo, que promove, desde 2008, o Reborm Strike Fight, na sede Vila Matilde, SP. Lá, como o templo tem capacidade para grandes eventos, há atletas de todo o Brasil que participam de lutas e oficinas dentro da Igreja, literalmente.

“Em São Paulo, a relação entre a Igreja e o esporte é mais próxima, mas não encontrei até agora preconceito, pois os meus fiéis são verdadeiros e sabem que o esporte faz bem”.

Quando há eventos do UFC, os ministros montam um telão para assistirem às lutas. Sábado, depois do culto, tem José Aldo no templo

Bispo cria linha direta para sortear ingressos


E para provar que está no MMA de verdade, o Bispo criou com seus fiéis uma forma nova de comunicação. Para entrar de graça no Arena Combat Jungle, sábado, na Igreja Renascer, com 20 lutas casadas, a Igreja, em parceria com a rádio Boas Novas, oferece um ingresso para o evento.

“Basta entrar em contato por sms pelos números 9375-9696, das 11h às 12h e não digitar ‘alô’, apenas: ‘Eu Vou para a arena’ e nós entraremos em contato”, disse o Bispo Daniel.

Para o evento, são cobrados R$ 10 para ajudar um projeto de Jiu-Jítsu em parceria com a Igreja. Não existem barreiras para a linguagem do esporte na Igreja. Os fiéis recebem de forma amistosa e participam dos eventos. O tatame e a pregação mobilizam os evangélicos da Renascer.

Para o empresário Diego Ribeiro, 32, a iniciativa da Igreja em trazer o esporte marcial para dentro do templo sugere uma mudança de pensamentos.

“A Igreja tem que alcançar a todos, sem deixar nenhuma pessoa de fora. O que ela faz é uma estratégia bem pensada de integrar os fiéis”, disse ele.

Ele também faz parte das quase 180 pessoas que participam dos cultos da Igreja e que fazem questão de assistir tanto as lutas casadas de MMA e treinos de jiu-jítsu, quanto as lutas nos telões do UFC.

 “Nós assistimos dentro da Igreja. Não existe preconceito. A Igreja é uma família e nos encontramos após os cultos tanto para ver as lutas de UFC ou para ver os treinos. O alcance é total de fiéis e principalmente mulheres”, disse ele.