Publicidade
Esportes
Craque

Jairo defende até pênalti, mas não salva o Nacional da eliminação da Copa do Brasil

Nem mesmo a boa atuação do goleiro Jairo salvou o Nacional. Time não jogou bem e tmou dois gols do Coritiba (PR), no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR) 23/03/2012 às 07:45
Show 1
Jairo defendeu pênalti contra o Coritiba
Carlos Eduardo Souza Curitiba (PR)

Desde os primeiro minutos do jogo que o goleiro Jairo mostrou que estava em campo para ser o craque do jogo. As defesas do goleiro do Nacional arrancou elogios da imprensa paranaense. Uma defesa logo no inicio da partida em uma cabeçada do artilheiro Anderson Aquino, deixou o torcedor do Coxa emudecido, tamanha foi a elasticidade do goleiro.

Mas foi no segundo tempo que Jairo apareceu ainda mais para a torcida do Coxa. Everton Ribeiro e Anderson Aquino prepararam um bombardeio em cima do goleiro, mas o goleiro defendeu todas.

“Estava bem colocado. Estamos trabalhando muito porque somos três goleiros e se de mole, alguém toma sua vaga”, disse o goleiro.

Mas Jairo mostrou aos mais de 11 mil torcedores do Coritiba que tem condições de defender um time grande e foi no pênalti cobrado pelo meia Theco que Jairo calou o Couto Pereira.

“Esperei ele definir e fui pra bola. É bom defender um pênalti de um  jogador da nível do Theco”afirmou o goleiro.

Antes mesmo do jogo com o Coritiba corria boatos de que Jairo estaria de malas prontas para o futebol do Maranhão, mas o goleiro disse que permanece no Nacional.