Publicidade
Esportes
Cotidiano, pescado, sepror

Jaraqui é vendido a R$ 1, na Zona Norte de Manaus

Projeto da Sepror comercializa cinco unidades do pescado a um preço acessível, para evitar o desperdício do produto e garantir renda aos pescadores 11/01/2012 às 09:40
Show 1
Em cinco anos de projeto, mais de 2 mil toneladas de peixe já foram comercializadas em Manaus
acritica.com Manaus

Nesta quarta-feira (11), o projeto “Peixe Popular”, desenvolvido pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Produção Rural (Sepror), estará com seu caminhão no bairro Mutirão Amazonino Mendes, na Zona Norte de Manaus, oferecendo 10 mil jaraquis para a população, com o preço de cinco unidades por R$ 1. O caminhão estará na rua 21, em frente à Igreja Divino Espírito Santo.

O Peixe Popular tem contribuído, desde 2007, para evitar o desperdício de pescado em Manaus e garantir renda aos pescadores amazonenses, além de contemplar bairros carentes oferecendo o produto a um preço acessível à população.

Em 2012, a Sepror comercializou mais de 2 mil toneladas de pescado, o que gerou aproximadamente R$ 3,3 milhões de faturamento. Ao menos 82 comunidades/bairros foram atendidos e 200 mil pessoas beneficiadas com o projeto.