Publicidade
Esportes
Craque

Jovem velocista de Manacapuru (AM) quer seguir os passos de Sandro Viana no atletismo

Frank teve que deixar sua mãe, a antiga escola e aprender na marra a lidar com a saudade. Aos 16 anos, ele faz 100m em 10s9 e começa despontar na cena baré 17/08/2012 às 09:11
Show 1
Jovem tem como próximo desafio, os Jogos Olímpicos Escolares, em Poços de Caldas
Nathália Silveira Manaus (AM)

Em 2010 Franklin Ribeiro saiu de Manacapuru para vir estudar na capital e nem sabia o que era atletismo. Na verdade, ele era bom mesmo de futebol.  Correr, ele corria em campo. Treinar, ele treinava para fazer gols. Cantar vitória, só quando metia um belo lance na rede. Mas, há dois anos, tudo mudou. A boa e velha pelada passou a ter menos importância na vida desse amazonense. Assim, ao invés de se esforçar para marcar tentos, ele começou a se dedicar a marcar bons tempos na pista. E conseguiu. Atualmente, o menino franzino e simples do interior, se revelou um gigante do atletismo, e é considerado pela Federação Desportiva de Atletismo do Estado do Amazonas (Fedae-AM), como o atleta mais promissor dessa nova geração.

Da terra da Ciranda para a cidade grande, Frank teve que deixar sua mãe, a antiga escola e aprender na marra a lidar com a saudade. Aqui, começou a estudar no Instituto Federal do Amazonas (Ifam), onde foi apresentado ao atletismo pelo professor Cleomar Vasconcelos, que não afrouxa nos treinos. São seis vezes na semana por duas horas.  “O professor  me convidou para correr, eu aceitei e desde lá jamais pensei em abandonar o atletismo, apesar de todas as dificuldades”, dispara o menino, que em Manaus, mora com suas tias, numa casa localizada no bairro São Geraldo.

“As minhas principais dificuldades sempre foram em lidar com a saudade, principalmente no início da minha vinda para cá. E agora, tenho que aprender a lidar com a falta de apoio no esporte. Eu, por exemplo, não uso suplementos, pois não tenho como comprá-los”, observou o atleta, que é dono dos tempos de 10s9 nos 100m e de 22s nos 200m. Marcas essas conquistadas nos Jogos Escolares do Amazonas (JEAs) 2012, que lhe renderam o primeiro lugar em ambas as provas e a façanha de representar o Estado nos Jogos Olímpicos Escolares, que acontecerão de 6 a 15 de setembro, em Poços de Caldas (MG).

 Meta para o final de semana

Nova promessa do Amazonas quer seguir os passos de Sandro Viana (Foto: Euzivaldo Queiroz)

Com resultados expressivos e a confiança da Fedae-AM, o futuro do garoto parece reservar ainda mais surpresas, que podem ser confirmadas durante este final de semana com o Campeonato Amazonense de Atletismo Sub-23, que começa hoje e segue até sábado às 16h (nos dois dias). De acordo com a presidente da Fadae-AM, Margareth Bahia, se o velocista de 16 anos  se destacar, poderá ser convocado para o Campeonato Brasileiro de Atletismo, em Maringá, no próximo mês.

De acordo com o Franklin, sua meta para o evento  é baixar sua marca em dois centésimos na prova dos 100 metros. Para tanto, ele já sabe o que deve ser feito. “Não vai ser fácil, mas tenho força de vontade de bater a marca. Para isso, vou ter que fazer uma saída forte de bloco, levantar rapidamente e ser veloz na passada”, comenta o amazonense, que espera um dia poder dar de cara com seu ídolo e conterrâneo no esporte, Sandro Viana. “Ele é minha inspiração. Saiu daqui e conseguiu ser grande. Já pensou se eu for assim?”. Já pensou, Franklin?!