Publicidade
Esportes
Campeonato juniores

Jovens craques entram em campo pelo Campeonato Amazonense de Juniores

A competição que começou neste sábado promete apresentar boas revelações ao futebol local 16/06/2012 às 11:38
Show 1
Fast estreia no CTA da Ulbra contra o Libermorro
Adan Garantizado Manaus

O futuro do futebol baré entra em campo na manhã deste sábado, com o pontapé inicial do Campeonato Amazonense de Juniores. Seis equipes disputam o título da competição. Atual campeão do torneio, o Nacional pediu dispensa da competição alegando falta de recursos financeiros e campo de jogo (devido a reforma do CT Barbosa Filho). Três partidas acontecem nesta rodada, todas às 10h. A molecada de Tarumã e ASA duela no campo do km 42 da AM-010.

No mesmo horário, Princesa e América se enfrentam no clube dos Sargentos (Cidade Nova). Atual vice campeão da competição, o Fast estreia no CT da Ulbra contra o Libermorro, que “ressuscita” em competições locais. Coordenador do Rolo Compressor, Vander Queiroz explica que o Tricolor está preparado para finalmente levantar o caneco (no ano passado, o clube perdeu o título da competição para o Nacional em uma decisão que terminou no tapetão). “Estamos nos preparando há três meses para este campeonato. Nosso pensamento é trabalhar com esse elenco para que futuramente todos possam ser aproveitados na equipe profissional”, declarou o dirigente.

O meia atacante Cristian, o centroavante Leandro e o meia esquerda Alemão, são as principais apostas do clube. No meio de campo, o Rolo ainda conta com um DNA vencedor: o volante Serginho, filho do ex-jogador Sérgio Duarte.

 Já a equipe do Morro da Liberdade chega como “franco-atiradora” na competição. Trabalhando com garotos oriundos de sua escolinha no bairro da Betânia, o treinador Luiz Carlos pensa alto. “Nosso trabalho é sério e temos condições de ganhar qualquer um dos turnos do campeonato. Quem sabe, em 2014 todos estes meninos estejam em clubes profissionais daqui”, destacou Luiz, que conta com os serviços do zagueiro Vitor, 16 e do meia Fe, 15.

O Tarumã é outro clube que chega com força na competição. O clube tenta superar a perda do goleiro Carlos Henrique (o arqueiro foi assassinado no mês passado). Contando com alguns jogadores que atuaram no time profissional na série B do ano passado, a equipe da zona Oeste aposta no talento do meia direita Pedro e do volante Cristiano.

 O Princesa aposta na força do interior do Estado. Cerca de 90% dos jogadores são de Manacapuru “Os meninos estão motivados e a expectativa é boa”, revelou o treinador Mayson Matos. Afastado das competições profissionais, a base do América treina desde o ano passado.

Seis concorrentes

O Amazonense de juniores será disputado em dois turnos de pontos corridos. As seis equipes duelam entre si. Os campeões de cada turno se enfrentam na final.

Arbitragem

Fast e Libermorro será arbitrado por Francisney Oliveira, Tarumã e ASA por Carlos Augusto de Souza e América x Princesa terá Edmar Campos Encarnação como árbitro.