Publicidade
Esportes
Craque

Judocas entram no programa do Bolsa Atleta Municipal

O documento foi assinado no final da manhã desta sexta-feira (15) 15/01/2016 às 21:13
Show 1
Os judocas começarão a receber o benefício do bolsa atleta até o fim do mês de janeiro
Camila Leonel Manaus (AM)

A saga dos judocas Rafaela Barbosa, Rayfan Barbosa, Rafael Barbosa, Adriano Rodrigues e Carolynne Hernandez terminou na manhã desta sexta-feira (15) quando eles assinaram o termo de adesão do Bolsa Atleta Municipal. Os cinco judocas vinham tentando receber o benefício desde agosto do ano passado.

O dinheiro referente à bolsa deverá ser pago até o final do mês de janeiro, porém Antônio Barbosa, que é pai de três dos cinco judocas, além de ser professor e advogado dos atletas, ainda não soube dizer quando sai o valor retroativo da bolsa.

“Terminou a saga, todos eles acabaram de assinar o termo de adesão referente ao bolsa atleta municipal. Desde agosto do ano passado, nós passamos cinco meses lutando. Graças a Deus tiramos um peso grande que estava muito grande. Todos nós sabíamos que eles estavam praticando uma arbitrariedade com a justiça e isso mostra que nós estávamos certos”, disse Antônio Barbosa, pai, professor e advogado dos judocas.

Antônio Barbosa conta que procurou o Ministério Público do Estado, a Procuradoria Geral do Município e todos deram parecer favorável aos atletas, mas as' recomendações não foram cumpridas. No fim do ano passado, a desembargadora Nélia Caminha assinou uma liminar que garantia o direito de receber o benefício. A liminar foi rejeitada por não contar o nome de todos os atletas. Até que no dia sete, um novo documento determinando o pagamento da bolsa, foi assinado.

“O importante é que esses judocas nunca perderam a fé. Sempre mantiveram a perseverança e sabíamos que a justiça ia ficar do lado deles. Todos os dias nas nossas orações, pedíamos ao nosso Deus para que fosse feito a justiça todos os dias. Isso nos incomodava. Conseguimos vencer a arrogância, vencer o autoritarismo e a justiça foi feita realmente”, completou.

Nota

A Prefeitura de Manaus informou em nota que, devido o caso ser de decisão judicial, que “irá conceder o benefício aos atletas”, mas que irá entrar em contato com a Confederação Brasileira de Judô especificar se os atletas foram “convidados ou convocados” para a entidade.

Confira a nota na íntegra:

Sobre o Bolsa Atleta Municipal, a Prefeitura de Manaus informa que vai requisitar da confederação brasileira dos atletas citados na decisão judicial a definição se os referidos atletas foram “convidados ou convocados” para a entidade. Além disso, o Conselho Municipal de Desporto será acionado para que também especifique melhor os termos “convidado e convocado”.

Como se trata de decisão judicial, a prefeitura informa que irá conceder o benefício aos atletas, enquanto também toma todas as medidas citadas acima. 

A prefeitura informa ainda que para o edital 2016 de chamamento para a concessão do benefício do Bolsa Atleta, serão melhor especificados os itens que pedem a comprovação de participação e integração do atleta em sua respectiva confederação.