Publicidade
Esportes
Craque

Livro que traz o skate como 'esporte e arte' foi lançado nesta sexta-feira, em Manaus

O escritor Ney Metal, lançou o livro "Skate é arte, brincadeira faz parte" na manhã dessa sexta-feira (17) no auditório Bossa Nova, na Arena da Amazônia. O livro pedagógico aborda aspectos históricos, técnicos e científicos do skate 17/04/2015 às 17:17
Show 1
Ney Metal lança livro sobre a prática de skate
Camila Leonel Manaus (AM)

O skate para muita gente é apenas uma brincadeira de crianças e adolescentes, mas para Ney Metal, skatista formado em educação física e escritor, o skate é uma arte que merece ter usa história contada e, além disso, é um esporte que, entre outras coisas, ajuda no desenvolvimento motor das crianças. E foi a partir dessa paixão pelo skate que ele lançou, na manhã desta sexta-feira (17), na Arena d a Amazônia, Zona Centro Oeste de Manaus, o livro “Skate é arte, brincadeira faz parte”.

A obra é o primeiro livro didático sobre o esporte a ser lançado no Brasil e é fruto do trabalho de conclusão de curso (TCC) de Ney. O Amazonense que, desde os 14 anos é praticante do esporte contou que, desde que ingressou na faculdade de educação física, tinha por objetivo fazer seu TCC sobre o esporte e que a escassez de obras sobre o skate foi uma motivação a mais para abordar o assunto.

“Quando eu entrei na faculdade, não havia muitos referenciais bibliográficos sobre o skate e eu entrei na faculdade educação física com um objetivo: o tema do meu TCC ia ser relacionado ao skate. Eu fui, pesquisei e achei melhor a minha linha de pesquisa ser relacionada ao meu desenvolvimento motor. Antes de eu entrar na faculdade, eu já estava fazendo pesquisa sobre a  história do skate no Amazonas, aí eu só fiz agregar uma coisa com as outras  na faculdade”, explicou Ney sobre como surgiu a ideia para o livro.

Além de aspectos históricos do esporte, que foi criado na Califórnia, Estados Unidos, por surfistas entre o fim da década de 50 e início da década de 60 e chegou em solos barés na década de 70, o livro também traz informações técnicas como equipamentos, competições, além da pesquisa de Ney - que estudou como a prática do skate pode acelerar o desenvolvimento motor de uma criança e jogos lúdicos que podem ser usados com o "shape" (prancha de skate).

“O skate é um esporte que trabalha essa questão de raciocínio lógico, além de ser uma prática esportiva saudável. E na minha pesquisa, eu provei, cientificamente, que melhora a coordenação motora comparando a idade cronológica com a idade motora. Foi comprovado que quem pratica skate tem a idade motora acima da idade cronológica”, disse.

Skate e cidadania
Licenciado em educação física, Ney Metal hoje dá aula para alunos a partir de quatro anos de idade no Centro de Convivência Magdalena Arce Daou, no bairro da Compensa, Zona Oeste de Manaus. O skatista explica que durante as aulas, não são apenas as crianças que se interessam pelo esporte. “Tem mãe de aluno que vai levar os filhos e acaba gostando e ficando para aprender também”, contou.

Além do esporte, os alunos também aprendem noções de cidadania justamente para tirar o preconceito que skatistas são marginais. "A gente trabalha a cidadania utilizando a ferramenta skate para fazer a socialização. Na vedade, a gente trabalha para que as crianças possam ser cidadãs de bem, não como aquele skatista que é visto na sociedade como um marginal. Nós estamos trabalhando justamente as crianças para a sociedade ter uma concepção diferente deles”, explicou. As aulas são de segunda a quinta-feira das 8h às 10h e das 16 às 20h.