Publicidade
Esportes
Craque

Loco marca, mas Figueira empata com o Atlético-GO

Atacante uruguaio teve um gol mal anulado no primeiro tempo, mas balançou as redes na etapa final e garantiu o empate 01/08/2012 às 20:57
Show 1
Tudo igual no jogo de ida da Sul-Americana
LANCEPRESS! Goiânia (GO)

Loco Abreu pode ter mudado de time, mas o faro de artilheiro continua o mesmo. E mesmo tendo que marcar duas vezes para um valer, foi por causa dele que o Figueirense conseguiu arrancar um empate de 1 a 1 com o Atlético-GO, na noite desta quarta-feira, no Serra Dourada, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. O gol do Dragão foi marcado pelo goleiro Márcio, de pênalti.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 23, no Orlando Scarpelli. O Figueira joga pela vantagem de um empate sem gols. O time goiano também joga por uma igualdade, mas precisa que seja por pelo menos dois gols. Quem vencer está classificado.

JUIZ ERRA E MÁRCIO FAZ DE PÊNALTI

Diante de um Serra Dourada com muitos espaços vazios, o Atlético-GO tomou a iniciativa de partir para o ataque. A equipe forçava durante todo o tempo jogadas pela esquerda, com as subidas do ofensivo lateral Eron. Também por ali, o atacante Wesley dava bastante trabalho ao rival.

O Dragão teve até a chance de abrir o placar, mas o lateral Marcos perdeu uma chance incrível. Aos poucos, o Figueirense comaçava a gostar do jogo. Também no início, Loco Abreu chegou a marcar, mas o assistente marcou impedimento. O uruguaio, porém, estava em posição legal.

Conforme o tempo ia passando, as duas equipes se alternavam no ataque. Os visitantes davam trabalho com o atacante Caio, pela direita, e a movimentação de Julio Cesar. Já o time goiano, ainda que um tanto tímido, buscava a vantagem, mas não era estava sendo muito feliz.

Mas aos 36 minutos a felicidade veio. Patric invadiu a área e sofreu um pênalti bastante discutível de Doriva. Após muita reclamação por parte dos visitantes, o goleiro Márcio colocou o Alético à frente do placar. Depois do gol, Caio ainda teve oportunidade de empatar, mas desperdiçou.

LOCO DEIXA TUDO IGUAL

Na volta para a etapa final, o Figueirense voltou mais ousado e tentou ir para o ataque para buscar o empate. Pelo menos nos primeiros minutos, a bola ficou o tempo inteiro no campo ofensivo do time catarinense. Mesmo assim, a equipe não conseguia levar muito perigo ao gol de Márcio.

Mas de tanto pressionar, o gol veio. Aos 23 minutos, Aloisio aproveitou o rebote do goleiro Márcio e rolou para Loco Abreu deixar tudo igual no Serra Dourada. Foi a primeira vez que o uruguaio balançou as redes desde que chegou ao clube catarinense, no início de julho.

Com o empate, a partida ficou mais 'solta'. As duas equipes voltaram a se alternar no ataque para buscar um bom resultado para o jogo da volta. Quem chegou mais perto foi o Figueira. Novamente Aloisio desceu pela esquerda, mas em vez de tocar, optou por chutar e perdeu.

Nos minutos finais, o Atlético bem que tentou exercer uma pressão. No entanto, o Figueira se fechou bem na defesa e conseguiu voltar para casa com o empate. Já nos acréscimos, Guilherme Lazaroni chegou a virar o jogo, mas novamente o árbitro marcou impedimento. Desta vez correto.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 1X1 FIGUEIRENSE

Local: Serra Dourada, Goiânia (GO)

Data/hora: 01/08/2012 – 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Péricles Bassols (Fifa-RJ)

Auxiliares: Emerson de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Van Gasse (FIFA-SP)

Público/Renda: 988 pagantes / R$ 20.520,00

Cartão amarelo: Ricardo Bueno (Atlético-GO); Doriva, Ricardo (Figueirense)

GOL: Márcio, 37'/1ºT (1-0); Loco Abreu, 23'/2ºT (1-1)

ATLÉTICO-GO: Márcio; Marcos, Gabriel, Gustavo e Eron; Marino (Dodo, 34'/2ºT), Ernandes e Joilson; Wesley (Diogo Campos, intervalo), Ricardo Bueno e Patric (Vanderlei, 34'/2ºT) – Técnico: Jairo Araújo.

FIGUEIRENSE: Ricardo, Doriva, Fred, Anderson Conceição e Guilherme Santos; Túlio, Jackson e Guilherme Lazaroni; Caio (Roni, 16'/2ºT), Loco Abreu (Pittoni, 39'/2ºT) e Júlio César (Aloísio, 16'/2ºT) – Técnico: Hélio dos Anjos.