Publicidade
Esportes
Craque

Londres 2012: Leonardo de Deus é a ‘arma’ brasileira contra Phelps

Fã de Michael Phelps, Leo de Deus tentará desbancar o dono de 14 ouros olímpicos na prova em que o americano é especialista, os 200 metros borboleta 24/04/2012 às 12:13
Show 1
Leonardo de Deus disse que aprendeu a não temer seus ídolos nas piscinas
Adan Garantizado Manaus

O sobrenome “divino” não livrou o nadador Leonardo de Deus de uma “penitência” durante o Pan de Guadalajara. O atleta de 21 anos “voou” na prova dos 200 metros borboleta e com o tempo de 1min57s92, conquistou a medalha de ouro em sua estreia em Pan’s.

Mas ele quase viu a “dourada” escapar por conta de uma irregularidade em sua touca (patrocínio não permitido). Durante meia hora a aflição do nadador sul-mato-grossense foi acompanhada pelo Brasil inteiro. E após a reunião entre os fiscais, Leonardo finalmente pôde “subir aos céus” e comemorar a tão sonhada medalha.

“Os fiscais me liberaram para competir. A falha não foi só minha. Se estava errada era obrigação deles vetarem a touca antes. Todo mundo viu que chorei muito. Fiquei bem desesperado. Tenho certeza que muita gente ficou aflita e vibrou junto comigo. Esperava vencer, mas não perder a medalha (risos). Mas valeu. Ficou para a história do Pan e também para a minha vida”, relembra Leonardo.

A meta em Londres, porém, é bem mais ousada: superar um ídolo. Fã de Michael Phelps, Leo de Deus tentará desbancar o dono de 14 ouros olímpicos na prova em que o americano é especialista, os 200 metros borboleta. O brasileiro, inclusive, já conseguiu nadar mais rápido que Phelps, no mundial de Xangai, em 2011, quando garantiu índice olímpico para a prova.

“Cheguei como azarão. Me classifiquei para as semifinais com o 2º melhor tempo, batendo na frente do Phelps e de outros medalhistas olímpicos. Mas senti a pressão de estar no meu primeiro mundial, nadando contra meu ídolo e não consegui avançar às finais. Foi uma experiência que me fez crescer como atleta e pessoa. Amadureci para não passar por isso nas Olimpíadas. Agora, posso ir à uma final e lutar por medalhas”, garante o brasileiro.

Leonardo de Deus  nadador brasileiro

1  Sua primeira medalha em um campeonato brasileiro foi conquistada em Manaus. O que lembra dessa história?
Sim, foi em 2004. Era o meu 1º brasileiro infantil. Nadava uma prova de fundo, os 800 livres e conquistei o ouro de cara. Nunca vou esquecer Manaus. Tenho um carinho grande pelo Norte do Brasil. Morei 12 anos em Belém e comecei a nadar no clube do Remo.

2  E como está a preparação para Londres?
Tenho investido em treinamentos na altitude e trabalhado muito a biomecânica e a parte científica. É um ano em que tudo tem que dar certo. 2012 exige concentração máxima. Estou 110%. Vou agora para Londres, mas já penso em 2016. Viver uma Olimpíada em seu país será único. e eu espero conquistar o ouro olímpico no meu País.