Publicidade
Esportes
Craque

Londres 2012: Preço dos ingressos para eventos é assustador

A poucas horas do início das Olimpíadas de Londres, os atrasados de plantão ainda conseguem encontrar ingressos para os eventos mais concorridos da competição, mas o preço é salgado e para a maioria dos  “mortais”, proibitivo 27/07/2012 às 14:28
Show 1
Londres 2012: O casal Caroline Faroni e Antônio Corte: ainda a procura de mais bilhetes para os eventos
Jornal A Crítica Manaus

Quanto vale o sonho de participar da cerimônia de abertura de uma Olimpíada? Ou quem sabe de uma final dos 100 metros rasos? Bom...se você não é atleta nem jornalista, esse sonho pode custar tanto quanto um carro popular. A poucas horas do início das Olimpíadas de Londres, os atrasados de plantão ainda conseguem encontrar ingressos para os eventos mais concorridos da competição, mas o preço é salgado e para a maioria dos  “mortais”, proibitivo.

Ao todo, o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres colocou à venda 8,8 milhões de ingressos para todas as modalidades e para as cerimônias de abertura e encerramento. Para ter direito aos ingressos, os espectadores tiveram que se cadastrar pela Internet num processo que causou bastante dor de cabeça. Mesmo com uma procura morna no início, a maior parte dos bilhetes mais concorridos (finais do futebol, atletismo, basquete e cerimônias de abertura e encerramento) já foram vendidas.

A saída é partir para o perigoso “mercado negro” ou procurar o luxuoso mercado dos “bilhetes de luxo”.

Há quatro semanas, o Comitê Organizador liberou uma cota de bilhetes que por aqui são chamados de “Double A”. Em outras palavras: “top do top”.  Eles estão sendo vendidos pela empresa Prestige Ticketing. A reportagem entrou em contato com o porta-voz da companhia, Sugit Gasani. Ele explica que a procura por esses bilhetes aumentou muito nos últimos dias, ainda que 98% de todos os bilhetes disponíveis já tenham sido vendidos.

A tabela de preços da Prestige Ticketing é para poucos. Um bilhete (sem direito a acompanhante) para a cerimônia de abertura das Olimpíadas, um dos momentos mais marcantes de todo o evento, não sai por menos 7,5 mil libras, o equivalente R$ 24 mil. Gasani explica que o bilhete inclui champanhe francês na entrada, buffet liberado e a visão mais privilegiada do Estádio Olímpico.

Ok... você não quer gastar tanto? Então a outra opção é assistir à final do atletismo. Que tal assistir Usain Bolt e Yohan Blake disputando a final dos 100 metros rasos? Gostou? Então se prepare para desembolsar 4,5 mil libras, ou R$ 14,4 mil. Sugit Gasani explicou que mesmo altos, os preços não assustaram clientes de todas as partes do mundo. “Nossos maiores clientes são do Sudeste Asiático, China, Japão e Oriente Médio”, revelou. Ao ser perguntado se algum brasileiro já havia comprado bilhetes como esse, Gasani desconversou. “Não podemos revelar nossos clientes. Mas o Brasil é um país rico hoje em dia. Certamente deve haver alguém disposto a pagar esse preço”, disse.

Casal está à procura de bilhetes
 O casal de engenheiros Caroline Faroni e Antônio Sérgio Corte viajou de São Paulo a Londres para acompanhar jogos das fases eliminatórias vôlei de praia, basquete e futebol feminino. Mas estão a procura de mais bilhetes.

“Nós compramos do Brasil, mas ouvi falar que tem algumas competições com ingressos ainda à venda. Se a gente conseguir, compra”, disse Antônio.

Caroline disse que a prioridade do casal não será o futebol, mas outras modalidades como o atletismo e vôlei. “Daqui a dois anos, vamos sediar a Copa, então o futebol não é o mais importante pra gente”, disse.

O casal já ouviu falar sobre os bilhetes “super luxo” para a cerimônia de abertura e disse que conhece um amigo, de São Paulo, que está disposto a pagar a bagatela para estar na festa dirigida por Dany Boyle. “Ele disse que vai pagar as 7 mil e poucas libras. Mas isso é loucura”, disse Caroline. “Nosso limite são mil libras, e se for para a final de algum esporte muito bacana”, afirmou Antônio.