Publicidade
Esportes
Craque

Londres 2012: Seleção Brasileira está a dois passos do ouro

Fato é que o zagueiro Juan, responsável por atuar no setor, tem sido criticado por não passar segurança ao restante do time. Sul-coreanos prometem dificultar as coisas na semifinal 07/08/2012 às 20:23
Show 1
Brasil venceu Honduras no aperto. E agora com a Coreia do Sul?
Jornal A Crítica Manaus (AM)

O zagueiro Thiago Silva afirmou nesta segunda-feira (6) que os sul-coreanos, adversários da Seleção Brasileira na partida desta terça-feira (7) às 14h45 em Manchester, válida pela semifinal da Olimpíada de Londres, apostam que o lado esquerdo do Brasil é o ponto mais fraco do time do técnico Mano Menezes. Segundo o jogador, o grupo tem conversado para corrigir falhas apresentadas no setor e mostrar um futebol mais seguro.

Fato é que o zagueiro Juan, responsável por atuar no setor, tem sido criticado por não passar segurança ao restante do time. Segundo Thiago Silva, as conversas com Marcelo, Sandro, Juan e Rômulo têm sido constantes para que não se repitam os erros apresentados nos jogos passados.

“Tenho falado com o pessoal da linha defensiva, da linha de volantes. Isso é necessário. Não temos tempo de treino para acertar a parte tática. Os nossos adversários veem o nosso lado esquerdo como o mais fraco e querem explorar isso. Tenho conversado com o Marcelo porque os ataques dos rivais têm acontecido por aquele lado”, revelou o capitão.

Críticas

Thiago Silva aproveitou para comentar as críticas a Juan. Para o defensor, o companheiro de zaga precisa saber conviver com os altos e baixos da profissão e trabalhar para cometer o menor número de erros possível.

“Ele tem qualidade. Se não tivesse, não estaria jogando em um dos maiores clubes da Europa, que é o Inter de Milão. O Juan precisa saber que Seleção é isso. A cobrança é sempre dessa forma e ele precisa mudar isso com trabalho”.

O capitão revelou ainda que teve um pequeno desentendimento com Juan antes do término da partida diante de Honduras. Na partida pelas quartas de final do torneio masculino de futebol das Olimpíadas, o Brasil venceu os rivais por 3 a 2 e passou sufoco nos minutos finais do confronto.

“Conversei com o Juan logo após o fim do jogo porque tivemos uma discussão normal da partida. Eu e o Juan nos entendemos logo na saída do campo porque isso poderia até atrapalhar o time”.

Segredo?

Assim como tem feito ao longo de todo o torneio olímpico, Mano Menezes só divulgará a escalação da seleção brasileira momentos antes do jogo contra a Coreia do Sul.

Na véspera da semifinal, o treinador comandou um treino fechado para os jornalistas no Partington Sports Village. Durante a atividade, Mano comandou um treino tático para orientar o posicionamento dos jogadores brasileiros.

Em seguida, a Seleção treinou jogadas de bola parada e cobranças de faltas e pênaltis. O treino só foi aberto para a imprensa nos 15 minutos finais.