Publicidade
Esportes
Craque

Lucas: ‘O céu é o limite’

Próximo da despedida, camisa 7 pode conquistar mais um objetivo no Tricolor 07/12/2012 às 11:23
Show 1
Lucas, jogador do São Paulo
Kaue Freitas/ São Paulo ---

O meia-atacante Lucas sempre foi muito humilde. Mas, aliado a esse jeito tímido do jogador, uma vontade enorme de vencer com a camisa do São Paulo. Na próxima quarta-feira, diante do Tigre-ARG, o camisa 7 são-paulino poderá completar esse ciclo vencedor pelo Tricolor.

Essa história começou no Campeonato Brasileiro de 2010. No dia 8 de agosto daquele ano, nas vésperas de completar 18 anos, Lucas estreou na equipe profissional. Desde então, jogo a jogo, gol a gol, foi evoluindo, crescendo, amadurecendo e se tornou peça fundamental na equipe, com todos os técnicos que passaram pelo clube até então.

"Estou próximo do meu objetivo maior, desde que subi para o profissional eu persigo um título. Estou muito feliz e vou dar meu sangue por essa conquista. Quero dar esse presente para a torcida e para a diretoria também, que sempre acreditou no meu talento. É um clube que eu amo bastante", ressaltou Lucas.

Em março de 2011, o futebol do são-paulino chamou atenção de Mano Menezes. Em Londres, Lucas fez o primeiro jogo pela Seleção Brasileira principal. A partir daí, é presença constante na equipe brasileira. Voltando ao Tricolor, sua idolatria aumentava a cada dia. Muito por conta de seu profissionalismo.

A entrega e dedicação com a camisa do Tricolor culminaram em mais um sonho. Neste ano, Lucas voltou a Londres para disputar os Jogos Olímpicos e ficou com a medalha de prata. Esse caminho de sucesso traçado pelo jogador poderá ter um grande capítulo final na quarta-feira.

"Cada treino, cada jogo, procuro fazer meu melhor. Sempre fui muito focado nos meus objetivos, sempre com os pés no chão, com a família do meu lado. Gosto de vencer tudo que eu disputo", completou o são-paulino.

O Morumbi estará completamente lotado. Em campo, Lucas quer dar a Sul-Americana ao São Paulo e conquistar o primeiro título pelo clube. Feito que certamente o colocaria na lista dos principais ídolos recentes e, quem sabe, da história do clube.

Novos planos
No início do ano que vem, Lucas jogará no PSG, da França. Com as portas da Europa abertas para o seu talento, o jogador já traça novos planos. Ser melhor do mundo e conquistar a Copa do Mundo em 2014, que será disputada no Brasil.

"São meus maiores sonhos, ganhar uma Copa do Mundo e ser eleito o melhor jogador do mundo. Está distante, mas estou me preparando a cada dia. Vou disputar os melhores campeonatos do mundo e vou crescer demais como atleta. Tenho várias metas. O homem é do tamanho do seu sonho", concluiu o camisa 7.