Publicidade
Esportes
Craque

Lucas Simões vence terceira etapa da Copa Super Kart, em Manaus

Favorito ao título e líder no quadro geral com 57 pontos, Adriano Pizzonia, da Thrifty, quebrou logo no início da segunda bateria e teve que abandonar a pista 22/10/2012 às 09:36
Show 1
Debaixo de muita chuva, Lucas Simões vence etapa da Copa Superkart e esquenta a disputa
Paulo Ricardo Oliveira ---

Sob forte chuva e com alguns pilotos abandonando a pista do kartódromo  por problemas de mecânica, a terceira etapa da Copa Superkart de 2012 surpreendeu pelo resultado: favorito ao título e líder no quadro geral com 57 pontos, Adriano Pizzonia, da Thrifty, quebrou logo no início da segunda bateria e teve que abandonar a pista.

 Melhor para Lucas Simões, companheiro de equipe de Adriano, que ficou em nono lugar na primeira bateria e em primeiro na segunda, vencendo a etapa. Eurico Tavares, da Equador, foi o segundo colocado na primeira bateria e o 8º na segunda, ficando com a vice-liderança na prova de ontem. Eurico, aliás, começa a ameaçar a soberania de Adriano: de 18º na primeira etapa, o jovem piloto da Equador já ocupa a terceira posição na contagem geral, com 40 pontos. Arian Maia, da Solimões, é o vice-líder do certame com 43 pontos. Ele ficou em quarto lugar na prova de ontem.

 A quarta de um total de seis etapas previstas para definir o campeão da Superkart deste ano está marcada para o dia 4 de novembro. A partir dela, a pontuação será dobrada, de acordo com regulamento vigente da Associação dos Kartistas do Amazonas (AKA). “A chuva tirou o favoritismo do Adriano Pizzonia e apimentou ainda mais a disputa. Daqui para frente tudo pode acontecer. E essa indefinição torna a competição ainda mais empolgante”, afirma o presidente da entidade, Maurício Lopes.

Problema no motor
Adriano saiu da prova por problema mecânico. Ao ajustar as rodas para mais próximo do motor, em razão da chuva, Adriano saiu prejudicado. “Acabou entrando muita água no motor. Assim, começou a encharcar o compressor e o motor parou de funionar”, explica. O piloto número 1 da Thrifty abandonou a prova quando ocupava a 8ª colocação na segunda bateria.


Infrações de pilotos em pauta
Conforme o presidente da AKA, vários pilotos estão sob investigação em razão de infrações na pista. Arian Maia (Solimões) pode ser punido por ter atalhado o caminho de volta ao traçado, utilizando a área de grama.

 Gil Mikitos (Thrifty) arrancou a carenagem do carro do piloto Rodrigo Opperman (Equador) e será penalizado, caso a diretoria técnica da entidade comprove a irregularidade por meio de análise de vídeo.

 Lincoln Barros (Apa Móveis) perdeu cinco posições no grid de largada porque o mecânico da equipe dele exagerou na discussão com o diretor de prova, James Bala, o que é passível de punição no próprio grid. 

 Iuri Azevedo (Apa Móveis) será advertido por ter batido algumas vezes de leve no carro de Gabriel Adub (Equador), quebrando a corrente da coroa do motor do adversário e também encostando no carro pilotado por  Arian Maia.

 Outro da Apa Móveis que pode ser penalizado é Caio Costa, porque o mecânico da equipe deixou para ligar o motor do carro dele dentro da pista, o que é proibido pelo regulamento.

 Todos esses casos de infrações serão analisados e discutidos durante a reunião de quarta-feira, quando a cúpula do kart amazonense se reúne.