Publicidade
Esportes
LUTA

Luíza Bicalho e Gabriel Campolina ganham o bronze no Pan-americano de taekwondo

Os atletas filiados a Federação Amazonense de Taekwondo fizeram boa campanha na competição internacional e garantiram medalhas 05/09/2017 às 13:30 - Atualizado em 05/09/2017 às 13:47
Show whatsapp image 2017 09 04 at 17.21.05
Luíza Bicalho conquistou o bronze no Pan-americano, e também no Open da Costa Rica (Foto: Divulgação)
Jéssica Santos Manaus (AM)

Luíza Bicalho (cat. Juvenil faixa preta, até 42 kg) e Gabriel Campolina (cat. Juvenil, até 58 kg), representantes do Amazonas e da Seleção brasileira de taekwondo, garantiram medalhas de bronze em suas recentes participações no Campeonato Pan-americano de Taekwondo Cadete e Juvenil 2017, realizado em San José, na Costa Rica, de 29 de agosto ao dia 1º de setembro. Luíza também participou do Pan-americano Open Costa Rica, no dia 3 de setembro, onde conquistou seu segundo bronze em competições internacionais, na mesma semana. Os atletas são filiados à Federação de Taekwondo do Amazonas - Ftkdam, mas vivem e treinam em Minas Gerais.

No Pan-americano, Luíza perdeu a semifinal para uma atleta de Porto Rico, e no Open, ela venceu uma atleta do México e perdeu para uma lutadora dos Estados unidos.  E, apesar de não ter voltado da Costa Rica com o ouro, Luíza disse ao seu pai e técnico, Marcelo Bicalho, que tinha tudo para ter conquistado o primeiro lugar nas competições, e agora quer treinar ainda mais para futuras competições. “Ela ainda está retornando de lá, mas nos contou que poderia buscar o ouro nas duas competições. Disse que perdeu nos detalhes de bloqueio, mas disse também que está animada porque está no mesmo nível de igualdade com os favoritos, Canadá, Estados unidos e México”, disse Marcelo.

Pódio feminino da categoria juvenil faixa preta, até 42 kg. (Fotos: Confederação Brasileira de Taekwondo)

Marcelo anunciou que ela agora vai tentar corrigir os erros, pois tem planos para outra competição. “Se der tudo certo, estamos tentando apoio para o evento na Presidente Cup, que será realizada em Las Vegas, no mês de outubro”, disse.

Nas férias e nos feriados, Luíza também faz treinos em Santos - SP e em Manaus. Em Santos, ela treina com Rodney Saraiva, um dos técnicos da Seleção, e considerado o melhor técnico do evento.

Ele também falou sobre, e falou sobre os medalhistas do Amazonas. “A Luíza treinou 3h30 por dia desde que foi convocada. Agora ela se prepara para brilhar também na categoria Sub-21, é focada e disciplinada”, disse ele, que também falou sobre o atleta Gabriel Campolina. “É um atleta muito forte, foi muito bem, chegou na semifinal, ficando com o bronze. É muito jovem, mas tem um futuro promissor”, disse Rodney.

Lécio Martins, que também acompanha Gabriel na sua jornada esportiva, disse que foi a primeira vez em que ele participou de um campeonato internacional. “Ele realmente estava muito bem na competição, foi o que todos que estavam lá, disseram. A ansiedade de estar competindo pela primeira vez numa competição internacional pode ter atrabalhado, porque ele tinha potencial para o ouro, mas o bronze foi muito bem vindo, e ele tem um grande potencial", disse.

Publicidade
Publicidade