Publicidade
Esportes
Craque

Lutador do Amazonas traça estratégia para vencer no AFC 2

Dileno Lopes, que promete fazer um show lutando em casa, disse que vai nocautear o argentino Javier Ocampo 21/03/2012 às 08:43
Show 1
Dileno Lopes disse que tudo mudou após parceria como o Amazon Forest Combat - AFC
Paulo Ricardo Oliveira Manaus

Enquanto o staff de produção da M1 Eventos  acerta os últimos detalhes para a segunda edição do Amazon Forest Combat (AFC), na noite de 31 de março, na arena Amadeu Teixeira, os artistas principais do octógono traçam suas estratégias para se dar bem no show de lutas.

O faixa-preta de jiu-jitsu, Dileno Lopes, de 25 anos, já tem a receita dele para vencer Javier Ocampo, um argentino oriundo do kickboxing. “Vou cair pra dentro e arrancar a cabeça dele. Estou lutando em casa. Vai ser show. Nunca ganhei por nocaute. Vai ser em cima desse argentino”, garante o lutador amazonense, cuja carreira é administrada pela marca AFC. “Depois que a minha imagem começou a ser trabalhada pelo AFC, minha vida mudou: consegui um bom patrocínio, enxergo um futuro bom para mim no MMA”, diz Dileno, nascido e criado no bairro do Alvorada.

E é daquele bairro que Dileno convoca seus fãs para prestigiar o evento. “A Arena Amadeu Teixeira fica no Alvorada. Vou dar show dentro da minha casa. Quero casa cheia”.

Com um cartel de 12 vitórias em 12 lutas oficiais de MMA, das quais 11 vitórias por finalização e apenas uma por pontos, o menino-prodígio tentará a vitória de número 13, que será adotado por ele como o número da mudança.

“Gosto do número 41. Para mim  é o da sorte. Mas o número 13 vai ser o da mudança, o da projeção nacional. Vou fazer diferente e vencer por nocaute”, anima-se.

Filho de família humilde, Dileno perdeu o pai há sete anos e vive com a família numa casa simples do Alvorada.  Ele tem três irmãos, dois dos quais trabalham, e sua mãe, Lenice, sofre com os males decorrentes do diabetes.

“A gente junta tudo no fim do mês para bancar os gastos da casa. Quero alcançar uma projeção boa na carreira e ter condição de comprar uma casa maior para minha família. Somos muito unidos. Quero todos perto de mim”, planeja o faixa-preta, que tem o patrocínio da marca esportiva Dethrone e apoio da JL Frios e Amazon Drag Way.

“Sem ajuda ficaria difícil apostar na carreira de lutador de MMA, porque a dedicação é total. Treino durante o dia todo e de noite descanso. No dia seguinte, tudo de novo. Quem quer vencer na vida tem de fazer tudo certo. Minha vida e meu horário são planejados”, revela Dileno, que tem no peito uma tatuagem com po seguinte dizer: “Sophia Lopes, a razão da minha vitória”, uma homenagem á filha de três anos, fruto de um relacionamento que não vingou. “A Sophia foi à coisa boa disso. Vou lutar por ela”.

Rodolfo Santana -  Card Management do Amazon Forest Combat

1  Onde acontece o treino aberto com os lutadores?
Escolhemos o anfiteatro da Ponta Negra, como uma forma de mostrar para o Brasil um dos pontos turísticos da cidade. O Rio Negro está cheio, bonito, exuberante, o anfiteatro está novo. A RedeTV! vai cobrir tudo com detalhes. Entendemos que é um ótimo lugar para vender Manaus ao Brasil.

2  Com vai funcionar e quando acontece o treino aberto do AFC?
Será neste próximo domingo, dia 25, a partir das 17h. Será gratuito para o público. Os principais lutadores, como o Murilo Bustamante, o Thales Leites, o Gustavo Ximú e o próprio Ronys Torres estarão treinando ao vivo. Depois falam com os fãs, posam para fotos, darão entrevistas à imprensa.

3  E a pesagem oficial?
Vai ser um evento à parte. Estamos decidindo entre o próprio anfiteatro da Ponta Negra ou o largo do São Sebastião, onde tem o Teatro Amazonas, a Igreja de São Sebastião. Depende do clima.