Publicidade
Esportes
NOVA CARA

Sorridente, lutador do UFC Alan Nuguette embarca em nova versão Youtuber

Lutador radicado no Amazonas aproveita intervalo entre as lutas para se dedicar ao mundo digital aliando o mundo das lutas ao bom humor 26/08/2017 às 19:29 - Atualizado em 27/08/2017 às 15:55
Show  asl0164
Lutador agora aproveita o tempo entre lutas e treinos para fazer entrevistas e dar dicas de MMA. (Foto: Antônio Lima)
Valter Cardoso Manaus-AM

O que Léo Stronda e Alan Nuguette tem em comum? A pergunta é inusitada, mas importante. Enquanto  o primeiro é um youtuber de sucesso, o segundo tenta seguir os mesmos caminhos.

Em meio às lutas do UFC, Alan Nuguette iniciou uma nova jornada na carreira no mundo digital, justamente influenciado pelo ‘Monstro’, além de outra fera mitológica.

“O Léo me chamava para gravar muito e o Minotauro também tinha o TV Team Nogueira, online, e eu fazia muitos quadros com ele aí o Minotauro falou ‘Você tem pegada para a coisa, para ser apresentador. Você devia fazer uma coisa dessas, enquanto tiver para aposentar ou fazer paralelo. Procurar alguma coisa que tem a ver contigo’. Aí pintou o Youtube, eu vi o Léo investindo e ganhando um monte de patrocinadores interessados. Aí eu pensei: ‘pô o conteúdo dele é muito bom, mas o meu também é excelente’. É de luta e eu vou mostrar uma coisa que a mídia não mostra. A mídia só mostra o final do nosso trabalho e um pouquinho do começo, então ficou uma lacuna no meio e eu cubro esta lacuna, que são os bastidores”, explicou o lutador. 



Com pouco mais de cinco meses, o canal ‘Bastidores com Nuguette’ cresce a cada dia.  O que começou quase por acaso ganha contornos cada vez profissionais e o nome conhecido dos octógonos passou a ser também um nome da internet. “Agora está tomando esta proporção. Eu chego nos lugares e os caras perguntam: ‘E o canal? Cadê o canal?’. Aí eu falo: ‘Calma, hoje só veio o Alan Nuguette, não veio o canal não’ (risos) e todo mundo me cobra, tá bem legal isso”, revelou.

Agora entre finalizações, nocautes e  rotina de treinos intensa, o atleta do UFC  também conta com um roteiro movimentado de gravações, com grandes nomes sendo entrevistados, de José Aldo até Bob Burnquist, ou até mesmo Buchecha (aquele mesmo). “Eu quero só continuar o meu trabalho. O trabalho é secundário, que me dá este prazer de conhecer pessoas diferentes não só o ídolo que todo mundo conhece, como o Bob Bornquist ou o José Aldo, a pessoa que está atrás do personagem. Então o canal me dá esta oportunidade de conhecer as pessoas, a história e o que passou para até chegar onde está”, finalizou.

UFC

Ao contrário do que muita gente pode pensar, os likes e views nos vídeos não mudam o foco de Nuguette. O carioca, radicado no Amazonas, vem de duas vitórias no UFC e já se prepara para um novo desafio. “A carreira está bem. Vim agora de duas vitórias consecutivas, o cara que eu lutei, o último, lutou duas vezes na minha frente e ganhou. Cara duríssimo, isso prova que o atleta que eu lutei é um cara muito bom e eu conseguir superá-lo. Agora estou com foco em novembro, este card que está sendo formado. Dia 25 de novembro, lá na China, e vamos lá comer um sashimi e trazer mais uma vitória para o Brasil e para o povo amazonense”, revelou o lutador, sem antecipar quem seria seu potencial adversário, no evento que vai ter Anderson Silva contra Kelvin Gastelum como evento principal.