Publicidade
Esportes
BELEZA E LUTA

Lutadora e maquiadora amazonense divide a rotina entre faculdade, trabalho e MMA

Alessandra Bernardes, de 24 anos, quer ser a estrela do Rei da Selva 10, campeonato de Artes Marciais Mistas que acontece neste sábado (11) 09/11/2017 às 15:59 - Atualizado em 09/11/2017 às 16:17
Show 1510258499327188
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Ela tem a delicadeza para maquiar e embelezar as clientes, mas não se engane com essa loirinha. Alessandra Bernardes, a “Lelê”, é osso duro de roer no card principal do Rei da Selva 10 – Edição Ouro, campeonato de Artes Marciais Mistas (MMA) que acontece neste sábado (11), na sede da Universidade Nilton Lins. A representante da Deo Academy enfrentará Andreza Belfor (X-Union/CT Brunocilla), valendo pelo peso palha (até 52 kg).

Lelê tem 24 anos e se divide entre o segundo período da faculdade de Educação Física no Centro Universitário do Norte (Uninorte), o trabalho como maquiadora no Instituto Agatha Fashion Hair e os treinamentos na Deo Academy, ambos no bairro do Santo Antônio, na Zona Oeste da capital. A história dela no esporte é recente, mas o desempenho já chama atenção do mercado do MMA local. Misto de modelo, blogueira e atleta de alto rendimento, a loirinha é um dos fenômenos de popularidade nas redes sociais do Rei da Selva.


​Foto: Divulgação

“Comecei a treinar tem dois anos com mestre Willian Ricartes e Waldeci Silva (referência na luta olímpica no Amazonas e no Brasil). Desde então venho me empenhando para que eu pudesse realizar esse sonho”, conta a universitária.

Para uma lutadora em início de carreira, a estreia foi gloriosa. No dia 23 de setembro, ela superou Paula Pontes no evento Amazon Champions Fight, realizado por Rafael Ceará no Centro Comunitário do bairro do Alvorada, Zona Centro-Oeste. “A estreia foi com um nocaute no primeiro round”, lembra Lelê, que além no Rei da Selva 10 aposta também no jogo de chão lapidado na academia Denis Wester com o professor Rodrigo Silva.


Foto: Divulgação

A reta final de preparação é intensa e Alessandra confia no trabalho desenvolvido por sua equipe. A adversária Andreza Belfort é oriunda da luta livre e também vive grande fase na carreira. Um combate que promete, inclusive no jogo de palavras.

“Tenho ótimos profissionais comigo, uma família mesmo. Acredito que venho superando meus limites e melhorando muito. Sou grata a Deus por tudo o que está acontecendo e por todos os profissionais que comigo estão, sem eles eu não estaria aqui. A minha adversária vem de vitória e eu também. Acredito que será uma luta emocionante, quero fazer valer todo meu treinamento e esforço. Vamos pra guerra, o Bope vai subir. A selva vai tremer”, avisa Lelê.

*Com informações da assessoria de imprensa