Publicidade
Esportes
Craque

Lutadores amazonenses vão se unir à José Aldo no UFC

Adriano Martins e Ronaldo Jacaré lutavam pelo extinto Strikeforce e agora vão marcar presença no UFC junto ao ao campeão dos penas, José Aldo 17/01/2013 às 10:34
Show 1
Adriano Martins fez sua estreia no último evento e, como foi bem, acabou contratado
lorenna serrão ---

O Ultimate Fighting Championship (UFC), principal organização de MMA do planeta contará com a presença de mais dois “amazonenses”. O primeiro é amazonense da gema: Adriano Martins. O outro é amazonense de coração: Ronaldo Jacaré, que apesar de ter nascido no Espírito Santo, cresceu e fez boa parte de sua carreira morando em Manaus. Tanto Adriano quanto Jacaré lutavam pelo extinto Strikeforce.

Adriano Martins, que é faixa-preta de jiu-jitsu, garantiu a vaga ao conquistar a vitória no confronto contra o cearense naturalizado norte-americano, Jorge Gurgel, no card preliminar da última edição do Strikeforce, no sábado passado, em Oklahoma City (EUA), por decisão unânime dos árbitros.  

Com um cartel de 24 vitórias em 30 lutas, Adriano vai competir na categoria peso leve no UFC, que tem como campeão Ben Henderson. O empresário Samir Nadaf divulgou uma nota em uma rede social afirmando que a ida do lutador para o Ultimate já estava certa antes mesmo do triunfo no Strikeforce. “Já estava tudo encaminhado, meu sócio Alex Davis, tinha nos falado bem antes da luta que estaríamos no UFC. E em Oklahoma ouvimos da boca do Sean Shelby que as nossas próximas lutas seriam pelo Ultimate. Não divulgamos antes porque a notícia teria que ser dada primeira pela imprensa americana, mas agora é oficial, estamos no UFC”, comemorou Samir Nadaf – sócio da Fight Agency, empresa que agencia Martins há quase um ano.

Ainda segundo Nadaf, que afirmou que até o meio do ano mais atletas da agência estarão na principal organização de MMA do mundo, Adriano Martins vai continuar morando em Manaus. “Ele não deve ir para outro Estado, aqui tem a estrutura que precisa para continuar alcançando bons resultados. A Fight Agency vai se empenhar para que ele continue com o mesmo foco e vamos programar para trazer atletas de outros Estados e até de fora do Brasil para treinarem junto com ele em Manaus”, pontuou.

Roger também vai


Ronaldo Jacaré já foi o dono do cinturão dos médios do Strikeforce. No extinto evento ele fez oito lutas e obteve sete vitórias. Na última edição do evento, Jacaré deu um show e com o seu jiu-jitsu eficiente finalizou Ed Herman com uma chave de braço (kimura) no primeiro round. Após a vitória no último sábado, o lutador, um dos principais nomes do MMA no peso médio (entre 77 e 84 quilos), disse que agora quer relaxar e aproveitar a “folga” antes do próximo compromisso, já na casa nova. “Vou descansar um pouco, ficar com minha família. Devo voltar a lutar entre quatro e cinco meses”, disse.

Além de Jacaré, a categoria peso médio do UFC também ganhou a presença de Roger Gracie, a maior esperança da mais tradicional família do jiu-jitsu

Mundial

Roger tem em seu cartel sete lutas com seis vitórias e apenas uma derrota por nocaute. Em cinco ocasiões ele venceu por finalização e em uma, por decisão dos árbitros.

Meio-médio

Na categoria meio médio, o UFC anunciou a contratação de  Roger Bowling (11-3) , Jason High (16-3),  Nate Marquardt (32-11-2),  Tarec Saffiedine (14-3)  e Bobby Voelker (24-8).