Publicidade
Esportes
Craque

Manaus começa a planejar o revezamento da Tocha Olímpica dos Jogos Rio 2016

A capital amazonense receberá a passagem do símbolo olímpico em vários pontos da cidade num percurso de 30 quilômetros. A chama passará por 25 cidades de todas as regiões do Brasil antes do acendimento da pira olímpica, no Rio de Janeiro 27/04/2015 às 16:38
Show 1
Manaus receberá a Tocha Olímpica cem dias antes do início dos Jogos Rio 2016.
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

Restando 466 para o início da Rio 2016, a capital amazonense recebeu na manhã desta segunda-feira (27), a primeira reunião sobre o Revezamento da Tocha Olímpica, que ocorrerá em todo o País no próximo ano. O encontro ocorreu no Les Artistes Café Teatro, no Centro de Manaus, e contou com a presença de órgãos municipais e estaduais e de representante do Comitê Olímpico dos Jogos.

A chama passará por 250 cidades das cinco regiões brasileiras cem dias antes da competição. Manaus será a cidade anfitriã e terá cerca de 30 quilômetros de revezamento em diversos pontos da cidade. Além de um show artístico no fim do dia. A programação ainda não está definida e os detalhes serão discutidos nos próximos encontros.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, destacou que este é o principal marco mundial antes da abertura dos jogos, no dia 5 de agosto de 2016 e Manaus será um dos pontos altos do Revezamento da Tocha.

"A capital do Amazonas será uma das seletas cidades onde a Tocha Olímpica pernoitará. Neste dia teremos uma grande festa na cidade que queremos realizar na Ponta Negra, mesmo local que receberá o Live Site durante as Olimpíadas", afirmou.

O revezamento é um dos principais símbolos do evento e, tradicionalmente, ocorre no mundo inteiro desde 1936. Para o Comitê Olímpico Internacional (COI), a tocha tem como objetivo suscitar o espírito esportivo na população e criar um sentimento de pertencimento às Olimpíadas.

Além da Manauscult, o encontro contou com a presença de representantes das secretarias municipais de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel); Educação (Semed); Comunicação (Semcom); Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans); Secretaria Executiva Adjunta de Grandes Eventos (Seasge) e Polícia Militar do Amazonas (PM/AM).

Trajeto

Segundo informações do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016, a tocha será carregada por pelo menos 10 mil condutores ao longo de cerca de 20 mil quilômetros. Além de voar em torno de 10 mil milhas pelo país até o dia 5 de agosto de 2016, quando acenderá a pira Olímpica na cerimônia de abertura, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

A jornada da tocha começará em maio de 2016, na Grécia, e será acesa em Olímpia, cidade-berço da Olimpíada. Depois, viajará uma semana por cidades gregas até chegar a Atenas. De Atenas, a tocha seguirá direto para o Brasil num avião. Todos os estados do País receberão a chama, além de cidades do interior que também serão incluídas no roteiro.

*Com informações da assessoria de imprensa