Publicidade
Esportes
Duelo das Aves

Manaus FC encara o Rio Negro em busca de recuperação no Barezão neste sábado (10)

Após empate com o Rio Branco-AC, pela Copa Verde, Gavião do Norte tenta reencontrar caminho das vitórias diante do Galo da Praça da Saudade. Artilheiro do Barezão, Nena é desfalque no Manaus 10/03/2018 às 13:44 - Atualizado em 10/03/2018 às 13:55
Show a2
Manaus vem de dois empates seguidos com Igor Cearense no comando da equipe. Foto: Evandro Seixas
Denir Simplício Manaus (AM)

De olho em uma vaga na próxima fase do returno do Barezão 2018, Manaus FC e Rio Negro se enfrentam neste sábado (9), às 15h, no estádio da Colina, vivendo momentos bem diferentes em relação ao primeiro turno.

Atravessando má fase no Amazonense, o Gavião do Norte tenta reencontrar o caminho das vitórias depois de dois empates seguidos, contra São Raimundo, na estreia do returno do Barezão, e com o Rio Branco-AC, pelas quartas de final da Copa Verde. 

“A equipe vem fazendo grandes apresentações, infelizmente, no Amazonense a gente ainda não fez uma grande apresentação como na Copa Verde e na Copa do Brasil. A não ser na estreia contra o Nacional, quando fizemos um grande jogo”, comentou o treinador do Manaus, Igor Cearense, pontuando o que o Gavião tem de fazer para voltar a vencer no Estadual.

“É hora do diálogo, é hora da conversa, principalmente da concentração pra que no Amazonense a gente possa dar uma decolada. Claro, sempre respeitando a equipe do Rio Negro, que é uma grande equipe muito bem treinada”, enfatizou Cearense revelando que deverá ter mudanças na equipe.

“A gente vai ter algumas mudanças na equipe. A gente tem acompanhado o crescimento de alguns atletas que têm entrado no decorrer do jogo que foram muito bem”, disse Igor.

Sem poder contar com o atacante Nena, artilheiro do Barezão 2018, que sentiu o posterior da coxa, Igor está na dúvida entre Napão e Romarinho no ataque. “De antemão existe aquela dúvida, mas tenho certeza que de quem eu tomar decidir vai fazer o melhor pelo Manaus”, concluiu.

Galo de olho no Gavião

Pelo lado do Rio Negro, que vem de boa vitória sobre o Fast Clube (2 a 0), a ordem é aproveitar o bom momento e garantir a classificação sem se preocupar com a má fase do Gavião.

“A gente sabe que essa questão de estar em má fase ou não é questão de detalhes. No futebol, cada jogo é um jogo e todo mundo aqui sabe que o time do Manaus é um time bem preparado”, comentou o volante Jean Carlos, do Rio Negro, afirmando que o elenco do Galo está preparado para o duelo.

“Esperamos um jogo dificílimo. Claro que vamos entrar com foco total. O objetivo é sim ganhar esse jogo e conquistar a classificação já antecipada pra próxima fase”, pontou o volante firme no propósito de chegar à final do Barezão. “Vamos nos manter fortes para conseguir o título do returno e poder disputar a final, que é o jogo mais esperado”, concluiu.

Publicidade
Publicidade