Publicidade
Esportes
Craque

Maratona do Brasileirão: Flu abre uma considerável distancia do segundo colocado

Pelo andar dos maratonistas do Campeonato Brasileiro, as principais disputas se darão em busca das medalhas de prata e bronze. Além da luta contra o rebaixamento, claro 25/09/2012 às 09:40
Show 1
Fred é o artilheiro do Brasileirão, com 12 gols, seguido de perto por Luis Fabiano e Bruno Mineiro, com 11
Bruno Tadeu Manaus

O principal candidato ao título parece finalmente ter despontado e já abre uma considerável distância para o segundo colocado, que nunca mais cantou de galo na ponta da maratona. Pelo andar dos maratonistas do Campeonato Brasileiro, as principais disputas se darão em busca das medalhas de prata e bronze. Além da luta contra o rebaixamento, claro.

É bem verdade que o Fluminense teve uma mãozinha da arbitragem para despachar o ameaçado Náutico, mas o fato de o Tricolor contar com o melhor ataque e a segunda melhor defesa da competição isenta qualquer questionamento sobre a superioridade carioca. A segunda melhor campanha é do Atlético-MG, mas o empate com o concorrente Grêmio deixou mais distante o sonho mineiro de chegar à primeira posição.

Briga acirrada mesmo é pelo quarto lugar, que no Brasileirão vale o pódio da Libertadores. Queimando toda a “gordura” que ainda tinha, o Vasco já não vê mais chances de título e uma vaguinha no torneio continental mais importante da América já é lucro: o time venceu apenas duas das últimas   partidas que fez na competição.

Na cola do Bacalhau está o São Paulo, agora reforçado de Ganso. Apenas dois pontos separam o Tricolor Paulista do Cruz-Maltino e a ultrapassagem pode acontecer já na próxima rodada. Logo em seguida, Botafogo e Internacional também mostraram que estão vivos na briga pelo G-4 e deixaram de vez o grupo do “Rumo ao nada em especial”.

Quem lidera esse grupo é o Corinthians, que só não venceu o Glorioso graças ao “vovô” Seedorf e segue com a cabeça no Mundial. Derrotado pelo São Paulo, que ainda sonha com uma arrancada para ficar entre os quatro primeiros, o Cruzeiro praticamente só cumpre tabela na competição e não deve ameaçar o Timão.

Em décimo lugar, curiosamente, está a Ponte. Ela liga o grupo dos que ainda têm chance de conseguir alguma coisa e a turma ameaçada pelo rebaixamento. O time de Campinas não aspira nada, mas cobra caro o pedágio para quem cruza o seu caminho: nessa rodada, foi a vez do Vasco deixar dois pontos no Moisés Lucarelli para seguir sua trajetória.

Após levar uma surra da Portuguesa em casa, o Santos jogou tudo para o alto e desistiu do Brasileirão, mas precisa tomar cuidado para não cair na zona do desespero. As chances de rebaixamento são grandes dos times que somam 31 pontos para baixo. A vitória do Sport sobre o Coritiba no último minuto de jogo desvalorizou o triunfo do Flamengo sobre o lanterna Atlético-GO, pois a distância do Mengão para a zona da degola continua nos mesmos quatro pontos.

Leão e Coxa brigam forte para ver quem escapa do Z-4, enquanto a coisa começa a ficar feia para os três últimos colocados. Mesmo com a vitória sobre o Figueirense, o Palmeiras está cinco pontos distante do 16º Coritiba, último antes da zona de rebaixamento. Sábado (29), o Verdão vai ter que encarar a complicada Ponte. Resta saber se o time vai tentar atravessá-la ou simplesmente ficar em baixo dela de vez, pois uma derrota pode significar um desastre para turma do Palestra Itália.

O Figueira ficou um ponto atrás do Porco e, sem Loco, machucado, já começa a enlouquecer. Mas nem tudo está ruim ao ponto que não possa piorar. Isso só não vale para o Atlético-GO, retardatário há um bom tempo nessa maratona. 

Fred – Artilheiro
O Fluminense também tem o artilheiro da competição: com 12 gols, Fred é seguido de perto por Luis Fabiano e Bruno Mineiro, com 11.