Publicidade
Esportes
Craque

Maratona do Brasileirão: Fluminense 99% de chances de ser o campeão de 2012

A alegria do Fluminense pode ser antecipada. É pouco provável que o tricolor não conquiste o tetracampeonato este ano 06/11/2012 às 08:13
Show 1
O Fluminense tem grandes chances de se tornar tetracampeão brasileiro
paulo ricardo oliveira ---

Na maratona do Brasileirão de 2012, a alegria tricolor deve ser antecipada. É pouco provável que o Fluminense não se torne tetracampeão brasileiro. O time de Abel Braga tem 99% de chances. E o quarto título pode acontecer justamente no jogo contra Palmeiras, domingo, no Prudentão (SP), mas se (e somente se) o Vasco vencer o Atlético (MG), em São Januário, no mesmo dia. Vencendo o Porco, o Fluzão não apenas põe a mão na taça mais desejada pelos clubes da elite do futebol nacional, mas praticamente rebaixa o Palmeiras à segunda linha do futebol brasileiro.

Mesmo em caso de empate, o time carioca poderá levantar a taça. Mas, neste caso, precisa também que o Grêmio não vença o São Paulo no Olímpico (RS). É uma conquista que realmente merece ser antecipada pelo conjunto da obra tricolor no certame. O Fluminense chega à 35ª rodada com 73 pontos (nove pontos de vantagem sobre o Galo Mineiro) numa campanha com 21 vitórias, dez empates e apenas três derrotas em 34 jogos, o que configura 71,6% de aproveitamento.

Quando acontecer (e isso é uma questão de tempo), a conquista do Flu deve ser festejada pela força do conjunto, pelo padrão de jogo eficiente e pelos valores individuais que trabalham numa sintonia admirável nessa engrenagem tricolor. Fred com 17 gols é, por enquanto, o artilheiro do campeonato, sendo o cara que mais esteve no lugar certo e na hora certa. Vide o gol de empate diante do São Paulo no último domingo. Mesmo jogando poucas vezes, Deco deu passes magistrais aos companheiros de ataque no melhor estilo garçom. Embora tenha falhado no primeiro gol são-paulino, Gum merece ser destacado por ter evitado vários deles contra o gol de Diego Cavalieri, o melhor na posição do Brasileirão. O Fluminense foi melhor em todos os quesitos do futebol.

Libertadores

O Atlético Mineiro já tinha poucas chances, mas a derrota para o Coritiba acabou com qualquer esperança de chegar em primeiro na tabela. Na reta final, o time de R10 andou ciscando erroneamente em campo, ficando na posição de frango assado para alguns adversários, o que lhe fez perder preciosos pontos. Restaria se consolar com a Copa Libertadores.

Nessa competição, o Galo está garantido, pois tem 64 pontos. Com 63 pontos, o Grêmio tem 84% de disputar o título das Américas. O Corinthians já está garantido por ser o atual campeão. A briga fica feia pela última vaga. O São Paulo tem apenas 2% de probabilidade, mesmo com 59 pontos. Botafogo, Internacional e Vasco têm chances bastante reduzidas de classificação. O time alvinegro segue aparecendo com 1%.

O Internacional - cujos pontos conquistados na 33ª rodada com a vitória sobre o Palmeiras será julgado pelo STJD - tem 0,96% de chances, e o Vasco, somente 0,05%. O clube de São Januário tem uma em duas mil chances de disputar a Libertadores.

A zona dos desanimados

No meio da tabela, não há muita surpresa. O Santos do astro Neymar segue na nona colocação sem chances qualquer na Libertadores e muito menos no Brasileirão com 46 pontos. Já o Flamengo patina na 12ª posição na tabela dois pontos a menos que o Santos. Corinthians, Coritiba, Ponte Preta, Náutico e Cruzeiro estão no mesmo nível de desinteresse.

Embaixo da tabela, o Atlético (GO) foi o primeiro a ir para a vala com míseros 23 pontos em 102 possíveis. Não é lágrima de crocodilo. É o choro da desolação. O Figueirense foi derrotado pelo Fla e vive a ameaça de também ser rebaixado, com 29 pontos em 34 jogos. Já o Palmeiras, na 18ª colocação entre 20 times e com 33 pontos, tenta resistir bravamente à queda. E ela é real. Se perder para o Flu, e Sport, Bahia e Lusa ganharem seus jogos, o Verdão vai desbotar na segunda divisão.