Publicidade
Esportes
Craque

Meninas do Iranduba enfrentarão uma longa jornada até chegar ao Piauí para disputa do Brasileiro

Clube amazonense estreia no Campeonato Brasileiro Feminino contra o Tiradantes (PI). Antes disso terão que enfrentar uma viagem de mais de 10 horas 19/01/2016 às 21:17
Show 1
Meninas do Iranduba fizeram o último treino nesta terça-feira
Anderson Silva Manaus (AM)

Antes mesmo do primeiro desafio no Campeonato Brasileiro Feminino, as meninas do Iranduba vão passar por uma maratona que começa no início da tarde de hoje. As 20 atletas e membros da comissão técnica vão ter que encarar mais de 10 horas em voo de Manaus até Teresina (PI), onde, nesta quinta-feira, às 18h (de Manaus), enfrentam o Tiradentes (PI).

Reformulado e com jogadoras experientes, a equipe verde e branca vai sair às 12h07 e deve chegar à capital tocantinense somente às 22h (de Manaus), por conta das conexões no voo patrocinado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 

“Na verdade atrapalha um pouco, mas a gente não pode usar isso como desculpa caso venha acontecer qualquer coisa. A gente vai ter quase o dia todo da quinta-feira para recuperar, mas é o que nos proporcionam”, reclamou à experiente goleira, Mayke.


O técnico Olavo Dantas, que aplicou o último treino na tarde de ontem no estádio Carlos Zamith, também não gostou do tempo de viagem, mas lembrou que os adversários também vão passar pela mesma situação.

“A viagem é muito cansativa, o bom é que a gente chega e tem a manhã (de quinta-feira) para descansar, mas a viagem é bem cansativa. Faz parte. Assim como vai ser pra gente, as outras equipes vão ter dificuldades para chegar aqui”, declarou o treinador.

Responsável por manter o condicionamento físico das meninas, o preparado físico, José Said, mostrou preocupação. “A viagem é mais preocupante. A gente saí daqui de manhã e só chega lá à noite. As semana foi muito intensa, as meninas trabalharam no calor.  O desgaste é muito grande”, lamentou.