Publicidade
Esportes
Craque

Mesmo com poucas medalhas, natação do Amazonas revela novos talentos

Para o presidente da Federação Amazonense de Natação (Fada), Vitor Hugo Façanha, surgiram novas e boas revelações na modalidade. Como os atletas Driele Nunes, Nicolas Verly e Felipe Ribeiro, que ficaram entre os dez melhores atletas da categoria infantil 13/07/2012 às 13:47
Show 1
Segundo Circuito Mirim/Petiz e Graduados de natação começa nesta sexta-feira em Manaus
Lorenna Serrão Manaus

No primeiro semestre deste ano, a natação amazonense não conquistou muitas medalhas em torneios nacionais. O grande destaque ficou com o nadador Matheus Andrade, que foi bronze na categoria Juvenil-1, nado livre, 1500 m, no Brasileiro. Mas, segundo o presidente da Federação local, Vitor Hugo Façanha, não faltam motivos para comemorar.

“Nós não conquistamos muitas medalhas ainda, mesmo assim estamos felizes, pois surgiram novas e boas revelações na modalidade. Como os atletas Driele Nunes, Nicolas Verly e Felipe Ribeiro, que ficaram entre os dez melhores atletas da categoria infantil no Campeonato Brasileiro e podem ser considerados o futuro do Amazonas”, disse o presidente.

Driele Nunes, de 13 anos, alcançou o quarto lugar, Nicolas Verly, também de 13 anos, o sexto e Felipe Ribeiro, de 14 anos, ficou com a sétima colocação. De acordo com o técnico dos meninos, Leandro Freire, estes resultados foram muito importantes para a carreira dos três.

“Só de chegar à final de um torneio nacional já é uma conquista, eles estavam entre os 40 melhores atletas do Brasil. Ficar entre os dez foi muito grandioso, eu fiquei orgulho e eles se sentiram realizados, por isso posso afirmar que esses três ainda darão muito orgulho ao Amazonas”, pontuou Freire.

Novo compromisso

Mas as competições não param por aí, neste fim de semana, os nadadores promissores já tem um novo compromisso. Vão participar do 2º CircuitoMirim/Petiz e Graduados, que começará nesta sexta-feira (13), a partir das 19h, e encerrará no sábado (14), por volta das 10h30, na Vila Olímpica de Manaus, Zona Oeste.

O evento deve reunir, segundo a Federação Amazonense de Natação, 202 atletas (103 do masculino, 93 do feminino e 6 revezamentos). Que representarão nove clubes: Associação Atlética Kako Nadadores, Associação Esportiva Lassalista, Associação Atlética Nilton Lins/Miguel de Cervantes, Atlético Rio Negro Clube, Atlética Água Viva/Credifaz, Clube do Trabalhador do Amazonas, Colégio da Polícia Militar/Atlética Sales, Associação Aquática de Pais e Atletas de Boa Vista e Instituto Batista de Roraima.

A competição organizada pela Fada tem o apoio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel), que nos últimos tempos se tornou a grande parceira da Federação e inclusive doou as passagens para que Mateus Andrade pudesse participar do Campeonato Brasileiro.