Publicidade
Esportes
Craque

Morte de Eduardo Campos adia jogo da Copa do Brasil

Por meio de seu site a Federação Pernambucana de Futebol divulgou que a partida entre Santa Cruz e Santa Rita será transferida para outra data. CBF, Náutico e Sport também soltaram nota de pesar pelo trágico falecimento do político 13/08/2014 às 16:04
Show 1
Morte de Eduardo Campos adia partida entre Santa Cruz e Santa Rita pela Copa do Brasil.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O confronto entre Santa Cruz e Santa Rita, válido pela terceira fase da Copa do Brasil, que seria disputado nesta quarta-feira (13), às 18h30 (hora de Manaus), no estádio Arruda, no Recife, foi adiado em respeito pela morte do candidato à presidência e ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos. O político faleceu no início da manhã de hoje, em um acidente de avião, em Santos, São Paulo.

A informação foi confirmada pela Federação Pernambucana de Futebol, que também cancelou a rodada do campeonato local da categoria Sub-23. A partida entre as duas equipes seria o jogo da volta. No duelo de ida, a equipe alagoana do Santa Rita venceu o time tricolor do Recife por 3 a 2, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Com a morte do ex-governador do estado, a Federação declarou luto de três dias e divulgou nota lamentando a morte do presidenciável. Eduardo Campos era torcedor do Náutico e as principais equipes de Pernambuco já externaram o pesar pelo seu falecimento. Em seu site oficial, o Sport declarou luto de três dias e o Náutico usou o twitter - inclusive trocando a cor vermelha pela negra, em sinal de luto - para lamentar a perda.


O Santa Cruz ainda não tinha atualizado sua página na internet e ainda trata o jogo, que foi adiado, como “decisão”. Porém, o presidente do clube, Antônio Luiz Neto, comentou o assunto. “Nós estamos decretando o luto de três dias por conta da morte de Eduardo, que era uma referência para Pernambuco e para o Brasil. Ele foi um cara que sempre nos ajudou e temos que prestar essa homenagem”, declarou.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também se pronunciou por meio de seu site oficial sobre a morte do candidato à presidência da república. “É uma grande perda para a política do nosso país. Faço questão de enviar uma mensagem de conforto à família e aos amigos” disse José Maria Marin, presidente da entidade.