Publicidade
Esportes
Craque

Motovelocidade: pentacampeão amazonense tenta faturar mais um título em campeonato

Ivo Gama, que soma 153 pontos, vai lutar pelo título da categoria principal, MV1A, junto ao seu maior adversário Anderson Eduardo, que marca 142 12/12/2012 às 08:35
Show 1
Ivo Gama tenta conquistar seu sexto título estadual em duas etapas
Nathália Silveira ---

As duas rodas vão ser protagonistas do Kartódromo da Vila Olímpica (Bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste), neste final de semana, com a rodada dupla do Campeonato Amazonense de Motovelocidade – 9ª e 10ª etapas.

Na briga pelo título da categoria principal, MV1A, a disputa está acirrada entre Ivo Gama, que soma 153 pontos e Anderson Eduardo, que marca 142. Com duas provas a serem realizadas no domingo, a partir das 14h, a ponta da tabela pode ‘acomodar’ Anderson a qualquer deslize do atual pentacampeão do Estado. Por isso, Gama promete vir afiado para não deixar o novato das pistas tomar seu posto e o hexacampeonato.

“Não vou facilitar para o meu adversário. Se Deus quiser vou conseguiu mais um pódio”, disse Ivo, que além de correr na MVA1, também acelera na MV4, uma categoria que exige menos potência da máquina e que o piloto resolveu experimentar este ano.

“A MV4 é de 100 cilindradas. Por isso, no início do Amazonense eu estranhei muito. Além disso, precisei adquirir condicionamento físico para aguentar participar de quatro provas por campeonatos”, comentou o piloto, ao afirmar que para enfrentar a maratona de quatro baterias ele costuma correr durante a semana, além de manter uma dieta saudável para não passar dos 60 kg.

“Se eu estiver pesado não consigo ter um bom desempenho. Para me dar bem preciso de força e resistência”, afirmou Gama, que no evento deste ano teve uma folga de Tino Bala, principal oponente do piloto e que também conquistou o pentacampeonato estadual. Entretanto, Ivo garante que um ‘novo’ Tino pode estar surgindo na MV4. O nome dessa fera? Vitor Silva, de 14 anos.

“Respeito muito o Tino, sou o que sou graças a ele e a competitividade que ele me proporcionou todos esses anos. Porém, este ano, ele resolveu me dar um pouquinho de descanso (risos). Mas tenho o Vitor que está me dando um “trabalhão”. Ele é novo, mas é esperto e talentoso. Aquele tipo de piloto que só aparece de cinco em cinco anos”, diz o veterano, que é líder da categoria MV4 acumulando 132 pontos, enquanto Vitor é vice, ao somar 106 pontos.

Com a mesma vontade de Vitor em derrubar Ivo Gama do lugar mais alto do pódio, Anderson Eduardo, da MV1A, manda recado para o adversário e diz que a vitória em cima de um dos melhores pilotos da região será seu maior presente de natal.

“Tudo pode acontecer e vou até o meu limite para conseguir ganhar. A minha força de vontade é grande e tentarei não cometer nenhum erro. Levar esse estadual será um presente de Papai Noel”, ressaltou o piloto, que liderava  a competição até a quinta etapa, quando seu motor deu problema e o tirou da primeira colocação.

De acordo com o presidente da Liga Amazonense de Motociclismo (LAM), James Bala, participarão da final do Amazonense 60 pilotos divididos em sete categorias. Além de levar medalha e troféu, os primeiros lugares ainda receberão uma quantia em dinheiro ainda não revelada. No total, as duas etapas somarão 50 pontos e quem conseguir fazer o grid levará um ponto de diferença.  A tomada de tempo da competição acontece sábado e a entrada para o estadual é gratuita.