Publicidade
Esportes
Craque

Mundial de Jiu- Jitsu: Amazonense está muito confiante

Afiado Williams Jezini afirma que está preparado para enfrentar os “casca-grossas” da competição 18/07/2012 às 09:17
Show 1
Williams Jezini afirma que está preparado para enfrentar os “casca-grossas” no Mundial de Jiu-Jitsu
Paulo Ricardo Oliveira Manaus

O Amazonas é referência em produzir grandes lutadores de Mixed Martial Arts (MMA). Williams Boscár Jezini, 30, faixa-preta de jiu-jitsu há dez anos, pode ser mais um nome a figurar entre os tops do gênero.

Discípulo direto do mestre Augusto Monteiro, Guto, co-fundador da Academia Monteiro em Manaus, Jezini viajou ontem à noite rumo a São Paulo para disputar o mundial de jiu-jitsu que acontece no fim de semana. “Estou afiado. Vou arrebentar na categoria meio-médio (até 77Kg). Eu sempre pego de cara os mais famosos. Eles complicam. Mas estou confiante”. 

Terminando a peleja paulista, o casca-grossa vai ao Rio de Janeiro competir pelo internacional da arte do pano. A partir de então, o lutador ficará internado “durante 45 dias na academia Upper, do mestre André Pedermeiras, o Dedé, mentor técnico de ninguém menos que José Aldo, amazonense  campeão dos penas (até 66 quilos) do Ultimate Fighting Championship (UFC).

Acostumado a fazer campeões, Dedé vai lapidar Jezini para o estilo de múltiplas artes marciais, que terá a companhia nessa empreitada de outro linha de frente da Monteiro: o também faixa-preta Fábio Trindade. Toda essa ”ralação“ faz parte  do planejamento de Jezini para estrear no MMA em outubro no evento denominado Mr. Cage, programado para Manaus. Trindade, seu parceiro, já é um pouco mais escolado na porradaria e contabiliza três lutas de MMA. Este fará preparação com vistas à terceira edição do Amazon Forest Combat (AFC), prevista para acontecer em novembro na capital paulista.

  Jezini visualiza uma ascensão  meteórica  no MMA para fazer nome durante cinco anos e, no futuro, montar uma academia de lutas, musculação e preparação específica para MMA. ”Desde de novembro no ano passado tenho treinado dia e noite para executar meu plano de lutar MMA. O Fábio (Trindade) também está muito focado nisso. Farei tudo para estrear com o pé direito e construir uma carreira vitoriosa‘, projeta o faixa-preta, que já morou durante dois anos no Rio de Janeiro.

Quem abriu para Jezini as portas da Upper, onde funciona a matriz do clube Nova União, fundada por Dedé, foi Ronys Torres, amazonense de Manacapuru ( a 184 quilômetros de Manaus). Ronys, assim como José Aldo, é um dos astros da Nova União. “O Ronys foi muito gente boa com a gente. Vamos treinar com o Dedé (Pederneiras),  melhor do mundo. Isso nos dá uma segurança a mais para que nosso plano dê certo”     

Patrocinadores fortes
Diferentemente da maioria dos iniciantes no MMA, Jezini já começa a carreira com bons patrocinadores. Japa Food, ABE Importadora, Gráfica Zaé e EXB Comercial apostaram firme no futuro da cria da Monteiro, “Sem o patrocínio qualquer planejamento de atletas competitivos vai por água abaixo. Só de  suplementos são R$ 2 mensais” 

Williams Boscár Jezini  - Faixa-preta de jiu-jitsu e lutador de MMA

 1  Você inicia a carreira no MMA já com 30 anos. Não seria tarde para começar?
É tarde talvez para competir em grandes eventos, mas já treino MMA há muito tempo. Na verdade eu luto desde os 11 anos, já fui campeão carioca de judô e sou campeão amazonense nove vezes de jiu-jitsu. Paralelamente, a gente sempre treinou trocação. Então me sinto em casa no MMA. E outra: nunca é tarde para começar se você tem planos definidos.

2  Qual o lutador  de MMA que você mais admira?
Gosto da atitude do Maurício Shogun. O cara é muito bom, tem um estilo agressivo, aguenta porrada. Você assistiu à luta dele contra o Dan Henderson? Aquilo foi histórico. (Shogun travou um combate tão intenso quanto sangrento contra Dan no UFC 139). 

3    Porque lutar MMA?
Tenho um irmão que é advogado (Abrahim Jezini) que acorda todo dia 6h da manhã para ir ao Tribunal de Justiça. Acordo 6h da manhã para correr na areia e treinar o dia inteiro. É isso que eu gosto.