Publicidade
Esportes
Trilegal

Na Argentina, Grêmio bate o Lanús e se torna tricampeão da Libertadores

Com um primeiro tempo de encher os olhos, o Imortal não deu chances ao time argentino e em pleno estádio La Fortaleza venceu os donos da casa por 3 a 1. 30/11/2017 às 13:11 - Atualizado em 30/11/2017 às 13:17
Show aio
Grêmio se igualou ao Santos e ao São Paulo com três títulos da Liberta (Foto: divulgação/Gremio)
ACritica.com* Manaus (AM)

O melhor time de futebol da América é brasileiro. O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense é o campeão da Taça Libertadores 2017. O Tricolor Gaúcho venceu o Lanús por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (29), em Buenos Aires, no Estádio La Fortaleza, e deixou a apaixonada torcida gremista em êxtase em todos os cantos do Brasil e do mundo. Foi a terceira vez que o Imortal conquistou a América. No placar acumulado, nos dois jogos decisivos, 3 a 1 para os brasileiros. 

O Grêmio fez um primeiro tempo exemplar. Marcando em cima e dificultando a saída de bola dos argentinos. Com solidez na defesa e articulação pelo meio e laterais, a equipe comandada por Renato Gaúcho marcou duas vezes na primeira etapa, com Fernandinho e Luan.

O camisa 7, grande destaque do time na temporada e eleito o melhor da competição, outra vez desfilou o fino da bola e deixou a sua assinatura no segundo gol: arrancada, drible no zagueiro e cavadinha na frente do goleiro. Golaço!

Logo nos primeiros minutos do segundo tempo, uma baixa importante no Tricolor. O volante Arthur, um dos destaques do primeiro tempo e que foi escolhido o melhor da partida ao fim do jogo, saiu com dores no calcanhar, resultado de uma pancada sofrida já nos acréscimos da etapa inicial.

Michel substituiu a jovem revelação gremista. Apesar do ímpeto argentino para buscar a virada, o Grêmio se manteve seguro nas ações. Muita disposição para marcar e, com a bola nos pés, inteligência nas iniciativas de ataque.

Luan marcou um golaço e foi um dos destaques da partida (Foto: divulgação/Gremio)

Aos 25 minutos, um susto. Jailson derrubou Acosta na área e o árbitro marcou a penalidade. Sand bateu e diminuiu o placar. Mas seria preciso outros três gols para reverter o panorama.

Cícero, autor do único gol do primeiro jogo da decisão na Arena do Grêmio, substituiu Lucas Barrios. O Lanús veio para o tudo ou nada a partir dos 30 minutos. Para deixar o coração do torcedor na boca nos últimos minutos, Ramiro foi expulso por reclamação. Mas a noite era do Grêmio. Estava escrito que o dia 29 de novembro de 2017 entraria para a galeria histórica e imortal do Grêmio como o dia do Tri.O Grêmio já havia levantado a tão cobiçada taça em 1983 e 1995.

A vitória sobre o Lanús garantiu o terceiro título da competição mais importante das Américas e consagrou um dos grandes personagens do futebol brasileiro, Renato Gaúcho. Campeão da Libertadores pelo Grêmio como jogador e agora, à beira do gramado, como treinador. A equipe agora disputará o Mundial de Clubes. 

Confira o elenco campeão da Libertadores 2017:

Marcelo Grohe, Jaílson, Geromel, Kannemann, Ramiro, Paulo Victor, Bressan, Michel, Cícero, Lucas Barrios, Cortez, Edilson, Luan, Fernandinho, Arthur, Léo Moura, Jael, Everton, Beto da Silva, Bruno Grassi, Bruno Rodrigo, Cristian, Douglas, Kaio, Léo, Leonardo Gomes, Maicon, Marcelo Oliveira, Michael Arroyo e Rafael Thyere. Técnico: Renato Portaluppi

Confira a campanha do tricampeonato da América do Grêmio:

Fase de grupos:

9 de março

Zamora (Venezuela) 0 x 2 Grêmio

11 de abril

Grêmio 3 x 2 Deportes Iquique (Chile)

20 de abril

Guaraní (Paraguai) 1 x 1 Grêmio 

27 de abril

Grêmio 4 x 1 Guaraní (Paraguai)

3 de maio

Deportes Iquique (Chile) 2 X 1 Grêmio

25 de maio

Grêmio 4 x 0 Zamora (Venezuela)

Oitavas de final

4 de julho

Godoy Cruz (Argentina) 0 x 1 Grêmio

9 de agosto

Grêmio 2 x 1 (Argentina)

Quartas de final

13 de setembro

Botafogo-RJ 0 x 0 Grêmio

20 de setembro

Grêmio 1 x 0 Botafogo-RJ

Semifinais

25 de outubro

Barcelona (Equador) 0 x 3 Grêmio

1 de novembro

Grêmio 0 x 1 Barcelona (Equador)

Finais

22 de novembro

Grêmio 1 x 0 Lanús (Argentina)

29 de novembro

Lanús (Argentina) 1 x 2 Grêmio

*Com informações da assessoria