Publicidade
Esportes
Craque

Na comemoração de seus 57 anos, Muricy adianta time para o clássico e traça planos para 2013

Em seu aniversário, o treinador do Santos FC levou uma ‘sonora’ ovada de seus comandados na própria sala de imprensa do CT Rei Pelé 30/11/2012 às 14:53
Show 1
Neymar comandou a ovada no comandante Muricy
Vinicius Vieira/ Oficial Santos ---

A sexta-feira (30) foi de festa no CT Rei Pelé. Tudo isso porque Muricy Ramalho completou 57 anos. Em seu aniversário, o treinador do Santos FC levou uma ‘sonora’ ovada de seus comandados na própria sala de imprensa do CT Rei Pelé. Mas como o lema de Muricy é “Isso aqui é trabalho”, o técnico santista já adiantou a possível entrada de Alan Santos no clássico contra o Palmeiras e também demonstrou sua preocupação com a formatação da equipe santista para a próxima temporada.

“Contra o Palmeiras, não deve muito não. O Alan deve ter uma oportunidade, é menino nosso, e vai jogar no lugar do Henrique, que operou, e do Adriano, que está suspenso. O Miralles também pode voltar. O time é o mesmo praticamente”.

Sobre 2013, Muricy planeja manter a média de títulos do Santos FC nas últimas três temporadas e claro, com um time ainda mais para o próximo ano. A grande preocupação do treinador é com um plantel qualificado para representar bem o Peixe nas próximas competições.

“Tivemos nos últimos dois anos a experiência de que não podemos ter um time por só um semestre. Precisa ser pelo ano todo. Esse grupo ganhou seis títulos nos últimos anos, foi valorizado e muitos jogadores saíram. Agora queremos um time para ficar mais dois, três anos ganhando títulos. E para isso, temos que ter um plantel, não apenas um time”.

E como esta sexta (30) foi dia de apagar as velhinhas, Muricy não teve como fugir das tradicionais ovadas. Com bom humor, o treinador brincou sobre mais um ‘recebimento’ de ovos e farinha após o treino no CT Rei Pelé.

“É uma coisa natural. Mas não me venham com essa coisa de agarrar, correr, porque ai pode complicar minha coluna. Sento e digo: Fiquem à vontade”. E foi assim que Neymar, André, Edu Dracena, Felipe Anderson, Léo e Bill surpreenderam o comandante, ainda sentado, ao final da coletiva de imprensa.