Publicidade
Esportes
Craque

Na estreia de Zé Tavares, Náutico vence Vilhena e sobe na classificação

Com o resultado, o Náutico chegou aos seis pontos e subiu para a quarta posição no grupo A1. Já o VEC caiu para a lanterna da chave, com apenas três pontos 06/08/2012 às 16:05
Show 1
José Tavares, quando dirigia o Sul América
Acritica.com Manaus (AM)

O Náutico se reabilitou na noite deste domingo com vitória sobre o VEC por 3 a 1, no estádio Ribeirão, em Boa Vista, e passou a lanterna para o clube rondoniense. O jogo foi válido pela terceira rodada do grupo A1 da Série D do Campeonato Brasileiro.

Num dia de estreias dos treinadores Zé Tavares (Náutico) e Eder Taques (VEC), as duas equipes entraram em campo dispostas a buscar a vitória para deixar a última posição na chave. Mas quem se deu bem foi o Alvirrubro roraimense que abriu o placar com Cacau, aos 24' e, seis minutos depois, Robemar marcou o segundo.

Para a segunda etapa, as duas equipes retornaram a campo sem modificações. Aos 18 minutos, Edílson Pereira consegue marcar para o VEC, porém o gol é anulado, devido a marcação de impedimento do jogador do Lobo do Cerrado. No minuto seguinte, Robemar sai frente a frente com o zagueiro Mário e bate no canto do goleiro Dida para fazer o terceiro gol do Alvirrubro de Roraima.

Aos 44', o VEC conseguiu descontar com o meia Victor Hugo, mas já era tarde para pensar em reação.

Com o resultado, o Náutico chegou aos seis pontos e subiu para a quarta posição no grupo A1. Já o VEC caiu para a lanterna da chave, com apenas três pontos.

As duas equipes voltarão a se enfrentar na próxima quarta-feira no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena.

Ficha Técnica

Náutico 3 x 1 VEC

Local: estádio Ribeirão (em Boa Vista-RR);

Árbitro: Wellington Ferreria Branquinho (GO);

Auxiliares: Jander Rodrigues Lopes (AM) e Marcos Santos Vieira (AM);

Gols: Cacau aos 24' e Robemar aos 30' do 1º; Robemar aos 19' e Victor Hugo aos 44' do 2º;

Cartões amarelos: Alex, Guajará e Mário (VEC); Eduardo e Evandro (Náutico);

Náutico: Stanley; Ary Marrento, Evandro, Júnior Guth e Alberto; Negão, Eduardo, Cacau (Romarinho) e Vidinha; Djalma (Ney) e Robemar. Técnico: Zé Tavares.

VEC : Dida; Maykon Paulista, Mário, Alex e Guajará; Felipe Sorbara (Victor Hugo), Diego Corbari, Kukau (Casagrande) e Edílson Pereira (Neymarzinho); Diego Siqueira e Cabixi. Técnico: Eder Taques.