Publicidade
Esportes
Craque

Na reabertura do Mineirão, Cruzeiro bate rival com gols e Anselmo Ramon e Dagoberto

Vale lembrar que a Raposa teve um jogador a menos desde os 17min do segundo tempo, quando Leandro Guerreiro recebeu o cartão vermelho 03/02/2013 às 19:26
Show 1
Anselmo Ramon fez um dos gols do Cruzeiro
Acritica.com Manaus (AM)

Depois de mais de dois anos de espera, a Torcida do Cruzeiro pode rever o time jogando em casa, no Mineirão, palco onde a China Azul viu a equipe estrelada conquistar títulos da Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Supercopa e Estaduais. Neste domingo, a Raposa venceu o Atlético-MG, por 2 a 1, em jogo antecipado da 3ª rodada do Campeonato Mineiro. Os gols foram de Anselmo Ramon, aos 22min do primeiro tempo; e Dagoberto, aos 16min da segunda etapa.

Vale lembrar que a Raposa teve um jogador a menos desde os 17min do segundo tempo, quando Leandro Guerreiro recebeu o cartão vermelho. A equipe cruzeirense volta a campo na quarta-feira, novamente no Mineirão, quando vai receber o América-TO, às 22h, pela 1ª rodada do Campeonato Mineiro.

O jogo

A partida começou muito disputada, com algumas faltas e muita marcação. Para se ter uma ideia, em menos de dez minutos, a arbitragem já havia assinalado três faltas do meia Ronaldinho Gaúcho. A primeira grande chance de gol aconteceu aos 11min. Ceará disparou com a bola, atravessou a linha que divide o campo, deu um corte no adversário e tocou para Everton Ribeiro. O meia tabelou com Anselmo Ramon, recebeu na frente, pelo lado direito e chutou cruzado. O goleiro Victor defendeu em dois tempos.

Aos 14, Anselmo Ramon fez jogada individual e passou a bola entre as pernas do volante Pierre. A defesa adversária afastou de qualquer maneira e cedeu escanteio. No minuto seguinte, o Cruzeiro emplacou um contra-ataque e Egídio foi derrubado na intermediária. Nilton encheu o pé, a bola desviou na barreira e foi por cima do gol, em escanteio.

No minuto 18, Anselmo Ramon recebeu a bola no ataque, foi até a bandeira de escanteio do lado direito e recebe um soco nas costas do zagueiro Leonardo Silva. Falta. Três minutos depois, Ricardo Goulart dominou no meio-campo, esperou Anselmo Ramon sair do impedimento, e lançou Everton Ribeiro. Na corrida, o goleiro Victor chegou primeiro e deu um chutão para longe.

GOL!!! Aos 22min, o Cruzeiro, que já criava as melhores chances, abriu o placar. Ceará foi lançado na direita e cruzou na medida para Anselmo Ramon ganhar da marcação e, de cabeça, mandar para a rede do Atlético-MG: 1 a 0. No intervalo, informado pelo repórter da TV que o desvio de cabeça foi do lateral-direito Marcos Rocha, o árbitro Cleisson Veloso Pereira alterou o autor do gol, que ficou sendo o jogador do Atlético-MG, ou seja, gol contra. Apesar de não ser permitido o uso do vídeo pela arbitragem ou informações de fora do campo (a não ser de auxiliares ou quarto árbitro).

O primeiro cartão amarelo do jogo saiu aos 24min, para o zagueiro Leonardo Silva, após falta em Anselmo Ramon. Aos 27min, Araújo aproveitou uma sobra de bola na área e empatou a partida no Mineirão. Aos 35, Leandro Donizete chegou forte em Everton Ribeiro, fez a falta e levou cartão amarelo.

Segundo tempo

A equipe cruzeirense voltou com a mesma formação da etapa inicial. Aos seis minutos, Egídio sofreu falta de Bernard pelo lado esquerdo, melhor que um escanteio. Ceará cobrou direto, com curva, e Victor mandou para escanteio. Aos 13min, o técnico Marcelo Oliveira promoveu duas mudanças: entraram Alisson e Dagoberto, e saíram Everton e Ricardo Goulart.

O Cruzeiro quase chegou ao segundo gol aos 14min. Everton Ribeiro lançou Anselmo Ramon, que chutou forte, da entrada da área, mas Victor fez a defesa.

GOL!!! Aos 16min, um ataque fatal. Everton Ribeiro faz outro lançamento primoroso para Anselmo Ramon, que, pelo lado esquerdo, como um ponta, cruzou na cabeça de Dagoberto, que mandou para a rede, mostrando estrela em sua primeira jogada, já que havia acabado de entrar: 2 a 1.

No minuto seguinte, Leandro Guerreiro cometeu falta em Ronaldinho Gaúcho e recebeu cartão vermelho. Aos 21min, Marcelo Oliveira fez a última mudança no time estrelado, colocando Tinga em lugar de Everton Ribeiro. Aos 23, Anselmo Ramon encheu o pé de fora da área, Victor defendeu. No rebote, a arbitragem acertou ao marcar impedimento do ataque cruzeirense.

Aos 39min, Nilton arrancou do campo de defesa, passou por todo mundo, invadiu a área do Atlético-MG e bateu no canto, mas Victor desviou para escanteio, evitando o terceiro gol. Na cobrança, o jovem Alisson foi lançado e dividiu com Victor, que cedeu novo escanteio. Aos 44, Dagoberto lança Nilton, que bate cruzado e acerta o pé da trave.

CRUZEIRO 2 X 1 ATLÉTICO-MG

Data: 03/02/2013 (domingo)

Motivo: 3ª rodada do Campeonato Mineiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Público: 52.989

Renda: R$ 3.677.635

Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF)

Gols: Marcos Rocha (contra), aos 22min, Araújo, aos 27min do primeiro tempo; Dagoberto, aos 16min do segundo tempo

CRUZEIRO

Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Paulão e Egídio; Leandro Guerreiro, Nilton; Everton Ribeiro (Tinga), Ricardo Goulart (Dagoberto) e Everton (Alisson); Anselmo Ramon

Técnico: Marcelo Oliveira

ATLÉTICO-MG

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Júnior César; Pierre (Gilberto Silva), Leandro Donizete (Serginho); Araújo (Alecsandro), Ronaldinho e Bernard; Jô

Técnico: Cuca

Cartões amarelos: Leandro Guerreiro, Anselmo Ramon (Cruzeiro); Leonardo Silva, Júnior César, Leandro Donizete (Atlético-MG)

Cartão vermelho: Leandro Guerreiro (Cruzeiro)