Publicidade
Esportes
Craque

Nacional (AM) quer fazer história na Copa do Brasil

O Leão da Vila Municipal embarcou nesta quarta-feira para a capital do Paraná onde vai enfrentar o Coritiba – atual vice-campeão da competição 21/03/2012 às 09:13
Show 1
'Jogo do ingresso', Naça e Coxa ficaram no zero a zero
Jornal Acritica Manaus

O Nacional viajou na manhã desta quara-feira (21) para tentar fazer história na Copa do Brasil, diante do Coritiba - atual vice-campeão da competição. A tarefa, todos no clube sabem, não será fácil. Mas, ao contrário do Penarol, que necessitava de uma vitória para avançar à segunda fase, o Leão da Vila Municipal só precisa seguir uma trajetória que vem trilhando desde que contratou o técnico Léo Goiano: o da regularidade.

Sob o comando de Léo, o Nacional jogou oito partidas, com três vitórias, quatro empates e uma derrota (que no final das contas pouco importou, pois ela vei na decisão do primeiro turno e o Naça levou a melhor nos pêlnaltis).

“Vamos jogar com inteligência lá no Couto Pereira. Não vou dizer que o time será ofensivo ou defensivo, quero primeiro ver a proposta de jogo deles para saber extrair o nosso melhor”, analisou Léo Goiano.

A intensão do Coritiba de lotar seu estádio, onde ainda não foi derrotado neste ano, não assusta o treinador nacionalino.

“Jogar em casa tem suas vantagens e desvantagens. Se você tiver jogando bem, ela vai te apoiar, mas se não estiver, o apoio dá lugar a pressão. E é isso que espero”, disse Goiano.

Nesta terça, dois jogadores oriundos do futebol goiano se apresentaram no clube. O atacante Naldinho e o meia Daniel. Mas, nenhum dos dois viajou com o grupo, apesar de estarem regularizado junto à CBF.

Com chegada prevista para as 11h (Manaus) na capital paranaense, o elenco do Nacional vai treinar na parte da tarde no Centro de Treinamento do adversário.

“Eles nos cederam o espaço e vamos fazer uma atividade leve”, comentou o vice-presidente Gilson Mota, que desembarcará em Curitiba na noite de hoje. “Estamos otimistas‘, finalizou Mota.