Publicidade
Esportes
Craque

Nacional aplica 7 a 0 no Rio Negro e vai à semifinal

Com o resultado, o Leão da Vila Municipal garantiu três pontos e uma vaga na semifinal do primeiro turno do Campeonato Amazonense 18/02/2012 às 19:17
Show 1
Leonardo comemora o seu 4ª gol na vitória de 7 a 0 so Nacional sobre o Rio Negro
Lorenna Serrão Manaus

Mais uma vez o clássico Rio x Nal entrou para história do futebol local, com a maior goleada do Nacional sobre o Rio Negro por 7 a 0, neste sábado (18), no Estádio Roberto Simonsen – SESI, Zona Leste de Manaus. Com a vitória o Leão da Vila Municipal foi a 16 pontos e já garantiu uma vaga na semifinal do primeiro turno do Campeonato Amazonense de 2012.

O Nacional, sob o comando de Leo Goiano que assumiu a equipe na última quinta-feira (16), entrou em campo disposto a vencer a partida e desde os primeiros minutos deu indícios de que iria dominar o clássico.

Aos 10, em uma cobrança de falta o meia Hugo abriu o placar para o Naça. A bola passou pela barreia e foi parar no fundo da rede. O segundo gol saiu aos 16, depois que Charles cruzou para Leonardo que com perfeição mandou a bola direto para o gol. O camisa 9 ainda marcou mais dois para o Leão, aos 33 e 43 da primeira etapa.

Confira a Tabela e a Classificação do Amazonense 2012

E a goleada continuou no segundo tempo. A zaga do Rio Negro não conseguia segurar as investidas do Leão. Aos 26 minutos, Charles novamente cruzou para Leonardo que dominou a bola, deu um chapéu no goleio Cleuter e marcou o quinto gol do Leão. Depois disso ele foi substituído por Garanha.

O Leão dominava tudo, enquanto o a equipe do Galo apenas assistia os passes do adversário. Foi assim que aos 31, Charles cruzou para Garanha, que com toda a sua experiência, evitou um impedimento e deixou a bola seguir em direção a Tiago Amazonense , que estava em posição legal. E o camisa 15 do Leão retribuiu o lance com mais um gol.

E aos 37, depois de mais um cruzamento de Charles, Garanha finalmente carimbou seu nome no 146º Rio x Nal e balançou as redes do time adversário para a festa da torcida nacionalina, mas principalmente para a sua filha a quem dedicou o gol.