Publicidade
Esportes
Craque

Nacional perde por 1 a 0 para o Operário na estreia do técnico Aderbal Lana

Sitaução do Nacional no segundo turno ficou ainda mais difícil e time começa a pensar na final do Amazonense, pois ganhou o primeiro turno 11/04/2012 às 17:24
Show 1
Klayton, do Nacional, tenta jogada no ataque mas é contido pelos jogadores do Operário
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

O Nacional perdeu por 1 a 0 para o Operário, na tarde desta quarta-feira, no Estádio da Colina, pela sétima rodada do Campeonato Amazonense 2012. Com o resultado o Operário foi a oito pontos e o Nacional permanece com cinco.

O Nacional saiu jogando com três zagueiros – Luan, Santiago e Martoni – e com o lateral Klayton improvisado na meia. Já o Operário não teve o meia Vidinha, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

No primeiro tempo o Nacional teve poucas oportunidades de gol, com o Operário mandando na partida e somente o goleiro Jonathan apareceu no jogo.

No segundo tempo o técnico Aderbal Lana sacou o meia Klayton para a entrada de Daniel. O meia deu maior mobilidade à equipe e, mesmo jogando com apenas um atacante – Carlos Henrique – o Nacional passou a chegar mais próximo do gol do goleiro Stanley.

Com menos de 15 minutos o técnico Aderbal Lana foi mais ousado. Ele sacou o zagueiro Luan para a entrada do atacante Naldinho.

Aos 29 minutos o zagueiro Martoni deu uma gravata no atacante no atacante Imperador, que havia entrado no lugar de Cristiano Recife. Como foi dentre da área, o árbitro Geraldo Gomes Vieira marcou pênalti. Juninho cobrou e fez 1 a 0 para o Operário.

Depois de tomar o gol Lana arriscou mais uma vez e colocou Thiago Costa no lugar do lateral Edvan, mas, mesmo assim, não conseguiu equilibrar o jogo, que teve o domínio do Operário.

 A tarefa do Nacional no fim de semana não se fácil. O time enfrenta o Penarol, em Itacoatiara, em jogo atrasado da primeira rodada. O Operário recebe o São Raimundo, na quarta-feira, em Manacapuru.