Publicidade
Esportes
Craque

Neto diz que São Raimundo não é Barcelona e precisa entrar em campo ligado

O meia do São Raimundo disse que atenção é fundamental nos 90 minutos de jogo para evitar levar gols. O Tufão da Colina enfrenta o Operário pela 12° rodada do Campeonato Amazonense 28/04/2015 às 21:56
Show 1
Para evitar os "apagões" no São Raimundo, o meia Neto chamou a atenção dos companheiros para entrarem ligados desde o início da partida
Camila Leonel Manaus (AM)

Entrar em campo ligado, esse é o objetivo do São Raimundo quando o juiz apitar o início da partida contra o Operário, nessa quarta-feira (29), às 20h, no estádio da Colina, Zona Oeste de Manaus, pela 12° rodada do Barezão. Ocupando a quinta colocação, com 19 pontos o Tufão da Colina quer evitar o “apagão” que sofreu na última rodada, contra o Princesa do Solimões, quando levou dois gols em 15 minutos, para voltar a vencer e continuar na briga pela vaga no G-4.

Na última partida, o meio campo Neto, pediu mais atenção dos jogadores. Como jogador mais experiente da equipe, o meia do Tufão tenta passar experiência aos mais jovens. Na ocasião, ele  declarou que a atenção tem que ser do primeiro ao último minuto, mesmo jogando contra  um adversário que ainda não venceu no campeonato, a atenção é essencial.

“Eu pedi para ter um pouco mais de atenção. Um time que vem que quatro resultados positivos tem que manter a intensidade e a concentração todos os jogos independente de quem está em primeiro, está em segundo, em terceiro ou em último a concentração é a mesma”, disse.

E não é à toa que ele pede essa atenção aos jogadores. Em sua estreia no campeonato, o São Raimundo levou dois gols do Nacional Borbense, mas conseguiu virar a partida para 3 a 2. No jogo contra o Manaus FC, o Tufão também reverteu o placar para 3 a 2, mas nos primeiros 45 minutos teve uma atuação apagada. Contra o Princesa a história não teve um desfecho favorável para o Mundico e o placar ficou em 2 a 1 para o time de Manacapuru.

“Todos os jogadores sabem disso, no momento que o juiz apita o começo, nós temos que estar ali ligados. Nós não podemos achar que nós somos a equipe do Barcelona, tomar dois gols e achar depois que vai resolver é esse pensamento que nós temos que adquirir daqui para frente”, disse.

Retorno

A partida marcará a volta do goleiro Julião e do atacante Marinho,  que se recuperaram de lesão. O arqueiro que não jogada desde a quinta rodada estava sem jogar com um problema no joelho. “Volto pra ajudar o time , espero corresponder bem as expectativas dos torcedores e dos meus companheiros. Estava louco para voltar a atuar”, disse.