Publicidade
Esportes
Craque

Neymar voltou acima do peso da seleção e exame de sangue acusa 'alto cansaço'

O resultado do exame de CK diagnosticou que o cansaço muscular de Neymar é considerado “bem alto”, o que confirma o desgaste físico apontado pelo técnico Muricy Ramalho 15/06/2012 às 10:31
Show 1
Atacante Neymar, do Santos, vai ao chão durante partida contra o Corinthians
Uol/ Esporte ---

A derrota do Santos para o Corinthians por 1 a 0 em plena Vila Belmiro, na última quarta-feira, em jogo válido pela semifinal da Copa Libertadores da América, expôs o desgaste físico e mental do atacante Neymar. O cansaço excessivo do camisa 11 foi comprovado após testes de sangue para detectar a presença da enzima creatina quinase (CK).

O exame é capaz de detectar quem está mais cansado e, consequentemente, correndo riscos de lesão. Além disso, o fisiologista do Santos, Luis Fernando de Barros, informou ao UOL Esporte, que Neymar voltou dos amistosos da seleção brasileira nos Estados Unidos, 1 kg acima do peso. O craque, que pesa 65 kg, voltou com 66 kg da seleção.

O resultado do exame de CK diagnosticou que o cansaço muscular de Neymar é considerado “bem alto”, o que confirma o desgaste físico apontado pelo técnico Muricy Ramalho e pelo presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, após a derrota santista para o Corinthians.

A receita de descanso já foi entregue a Neymar. O jogador não atuará na partida contra o Flamengo no próximo domingo, no Rio de Janeiro, e só voltará a jogar no duelo de volta contra o Corinthians na próxima quarta-feira, no Pacaembu. O craque santista ficará em repouso e também deve ser poupado dos compromissos comerciais com seus patrocinadores.

Após a derrota para o arquirrival, os líderes entre os jogadores no elenco santista fizeram um apelo ao técnico Muricy Ramalho, reclamando do excesso de jogos do camisa 11, somando Santos e seleção brasileira.

“Todos notaram o desgaste. Os jogadores chegaram a fazer um apelo para o Muricy, dizendo que desse jeito o Neymar não aguenta. Por isso, certamente ele será poupado até quarta-feira e não pega o Flamengo”, disse Luis Álvaro.

O cansaço de Neymar revoltou o presidente santista, que insinuou um suposto favorecimento do técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, e do diretor de seleções da CBF, Andrés Sanches, ao Corinthians.

“O Corinthians gosta de dizer que possui a melhor defesa. Por que não chamaram o Paulinho, o Ralf, o Leandro Castán? É estranho isso. Ele (Mano) leva o Hulk e não leva o Emerson, um atacante muito perigoso do Corinthians. Eles não têm idade olímpica, mas ele levou o zagueiro David Luiz, lesionado, e o Hulk, que também não têm”, reclamou.