Publicidade
Esportes
Craque

No Acre, Vasco da Gama fica com o vice da Segunda Divisão

Time militar derrota o Vasco da Gama na decisão da Segundona e sobe para a elite em 2013 30/07/2012 às 17:34
Show 1
O meia Uilian [Galvez] e Duarte [Vasco da Gama] travaram um bom duelo na decisão da 2ª Divisão
Manoel Façanha Rio Branco (AC)

Invicto e jogando um futebol convincente, o Galvez superou no último domingo no estádio Florestão, o Vasco da Gama por 2 a 0, assim sagrando-se campeão da 2ª Divisão do futebol local.

O triunfo não apenas garantiu ao time militar o troféu “Bené”, in-memória ao ex-jogador do Atlético Acreano, falecido este ano, mas também uma vaga na elite do futebol acreano a partir do próximo ano.

Jogo

Quando a bola rolou o Galvez tomou a rédeas da partida. O time militar era mais agressivo e ainda aos 11 minutos abriu o placar. O lateral direito Januário entrou pelo meio da defesa e acertou um balaço para abrir o placar a favor do Galvez.

Mesmo com a vantagem no marcado, o Galvez ainda criou algumas outras boas oportunidades de ampliar a vantagem, mas o placar do primeiro tempo ficou mesmo no 1 a 0.

Cabaña

Com um Vasco apagado e numa tarde pouco inspirada, o Galvez retornou demolidor dos vestiários. O time do técnico Arthur Oliveira não ampliou a vantagem no placar por puro caprichosos de seus atacantes.

Aos 19 minutos, num lance infantil, o lateral esquerdo Rivaldo, já amarelado, acabou expulso. A vantagem numérica de jogadores deixou o time militar ainda mais próximo título.

O gol que garantiu o grito de é campeão saiu de uma infiltração do atacante Tonho Cabaña entre os zagueiros adversários. O artilheiro ainda teve tempo de fintar o goleiro Diego Braga antes de empurrar a bola para a rede. Gol!

Sem tempo e força para uma reação, os jogadores do Vasco da Gama esperaram pelo apito final do árbitro Carlos Santos. Por outro lado, os jogadores do Galvez caíram na festa ao som das machinhas de carnaval orquestradas pela banda de música da Polícia Militar.

O zagueiro Velásquez e volante Tom, ambos militares da Polícia Militar do Estado do Acre, estavam entre os titulares do jogo decisivo deste domingo. O comandante geral da PMAC, coronel José dos Reis Anastácio, esteve presente na decisão e já falou do planejamento para o próximo ano.