Publicidade
Esportes
Barezinho

Nos pênaltis, Manaus vence Nacional e segue invicto no Amazonense Sub-20

Em jogo pegado no CT Barbosa Filho, o Manaus levou a melhor nas penalidades 07/05/2016 às 23:05
Show  ndice
O Manaus segue invicto na competição, mas perdeu a liderança para o Fast (Foto: Márcio Silva)
Camila Leonel Manaus (AM)

O Nacional recebeu o Manaus pela oitava rodada do Campeonato Amazonense de Juniores. A partida marcou o encontro do artilheiro do Barezinho, Wesley Napão, do Manaus, e do vice-artilheiro, Hayllan, do Nacional e quem levou a melhor foi o Gavião do Norte que, nos pênaltis, venceu o Nacional por 2 a 0 após empatarem por 1 a 1 no tempo regulamentar.

Com o resultado, o Manaus chegou aos 20 pontos e foi ultrapassado pelo Fast, que venceu o Iranduba por 5 a 0. As duas equipes têm o mesmo número de pontos, mas o tricolor tem mais vitórias. O Nacional segue na quarta colocação.

Mesmo tendo os jogadores que mais balançaram as redes no Campeonato, Nacional e Manaus não criaram muitas chances no primeiro tempo. A partida foi disputada e ninguém queria perder território em campo. Mas o time de Hayllan, que tem cinco gols, conseguia chegar, sobretudo, na bola parada. Aos cinco minutos, Matheus Felipe chutou de fora da área. A bola bateu na zaga e o goleiro do Manaus defendeu. Hayllan por duas vezes – aos 12 e 16 minutos - cobrou escanteio fechado com a bola passando por todo mundo na área, mas faltando o último passe para definir a jogada.

O Manaus tentava responder em jogadas pela esquerda contando com a ligação para os seus atacantes. Aos 19 minutos, Rivelino roubou a bola na intermediária e chutou na entrada da área para bela defesa do goleiro Mathiê. Aos 30 minutos, Napão chutou cruzado em direção à área, por pouco a bola não entrou.

No começo do segundo tempo, o jogo ficou mais agitado. Aos quatro minutos, Heltinho chutou forte, a bola bateu no travessão. No mesmo minuto Hayllan rolou para Matheuzinho, mas o jogador ao tentar dominar a bola perdeu para a zaga. A falta de definição do Nacional custou caro. Aos oito minutos, Após cobrança de lateral, Rickson fez bela jogada e cruzou em direção à área. A defesa nacionalina não acompanhou, esperando que o assistente marcasse o impedimento, e Wesley Napão apareceu de surpresa na entrada da área e chutou forte para o gol. Manaus 1 a 0. Com o gol, o atacante chegou ao seu oitavo tento e é artilheiro isolado do Barezinho.

O Nacional tentou colocar pressão no Manaus e a persistência deu certo. Aos 35 minutos, quando parecia que a vitória estava encaminhada, Heltinho empatou após cobrança de escanteio. Nacional 1 a 1. Com isso, o jogo foi decidido nas penalidades. O jogo ainda teve Hayllan e Leozinho, do Nacional expusos, no fim da partida.

Marquinho abriu a cobrança para o Manaus e converteu.Abraão do Nacional, teve seu pênalti defendido por Júnior. Rickson bateu fraco e o goleiro Mathiê defendeu. Matheus Felipe, na oportunidade de empatar as penalidades, também teve seu pênalti defendido. Rivelino foi o último a cobrar e não desperdiçou. Manaus 2 a 0. Com o resultado, o Gavião perdeu a liderança, mas não perdeu a invencibilidade.

Na nona rodada, o Manaus enfrenta, no sábado, o Sul América, no estádio Ismael Benigno, Zona Oeste, às 16h. Já o Nacional faz o clássico Pai e Filho, às 15h30, na Ulbra, Zona Sul.