Publicidade
Esportes
Craque

Olimpíadas Escolares: Ginasta de 16 anos é o destaque do Amazonas

Gisela Maria Pontes da Silva é uma dos 159 atletas que embarcam neste sábado (24) para disputar a etapa juvenil em Cuiabá 23/11/2012 às 09:12
Show 1
Gisela Maria treina de segunda à segunda em Manaus para fazer bonito diante das adversárias de todo o Brasil
Aline Cabral Manaus

Com um objetivo traçado para medalha de ouro, a atleta Gisela Maria Pontes da Silva, 16, se prepara para mais uma grande competição: as Olimpíadas Escolares 2012, que acontecem em Cuiabá (MT). Ela é uma dos 159 atletas que embarcam neste sábado (24) para disputar a etapa juvenil das Olimpíadas. O evento começa já no dia seguinte (25) e se estende até o dia 8 de dezembro.

Gisela faz parte do Centro Educacional Adalberto Valle. Há oito anos a jovem treina pesado de segunda à segunda, sem tempo para descanso. São cerca de 150h por mês, ou seja, um ritmo árduo de cinco horas por dia de ginástica. Mas a moça não se cansa. “Para quem tem um sonho na vida é preciso dedicação. Já estamos acostumados com essa rotina de treinos pesados e alongamentos”, disse ela, que cursa o segundo ano do Ensino Médio.

Para a técnica, Fabrícia Souza, que irá acompanhar Gisela, além da outra atleta, Leslyany Pereira, 15, da equipe do La Salle, para as Olimpíadas, as expectativas para a competição são as melhores. “A Gisela veio de dois circuitos e vem com um ritmo puxado e pesado desde o início do ano. Acredito no potencial dela e também na Leslyany, que viajará conosco”, disse a treinadora.

Gisela Pontes conquistou seu passaporte para as Olimpíadas ao ganhar o primeiro lugar nos Jogos Escolares do Amazonas (Jea’s). Segundo ela, a competição fora do Estado serve como experiência.

“É uma preparação para o Brasileiro do ano que vem. E também serve como aperfeiçoamento do nosso trabalho desenvolvido na escola”, completou a jovem ginasta amazonense..

O Centro Educacional Adalberto Valle estará  em  10 das 13 modalidades que o Amazonas irá competir.

Segundo a secretária da Sejel,  Alessandra Campêlo, a participação dos atletas na maior competição estudantil já é uma vitória. “O Governo do Amazonas fez um esforço enorme para mandar essa delegação, porque sabe que o esporte é o melhor lugar para tirar os jovens do caminho da marginalidade e das drogas. Vocês já são vitoriosos só por estarem aqui. Boa viagem e boa sorte a todos nas competições”, completou  a titular da Sejel.