Publicidade
Esportes
PARAJIU-JITSU

Paratleta do AM fica mais perto da luta pelo bi do Grand Slam Abu Dhabi de Jiu-Jitsu

Após vencer seletiva no Rio de Janeiro, o lutador amazonense Flávio Leonardo mira competição capixaba. Ele também continua na campanha para comprar prótese por meio de uma rifa 21/11/2017 às 13:46
Show show 00c2402e 60a3 4388 88a4 046f7a745a7a
Flavinho venceu sua categoria com direito a duas finalizações (Foto: Divulgação)
Denir Simplício Manaus (AM)

O guerreiro Flavio Leonardo Ferreira, 23, deu mais um importante passo em busca do sonho pelo bicampeonato Mundial de parajiu-jitsu. Depois de conquistar o primeiro lugar no Gran Slam Abu Dhabi - Etapa Rio de Janeiro, o paratleta amazonense ficou mais próximo do cobiçado “Free Pass” para a disputa da mais importante competição de Jiu-Jitsu do planeta.

A próxima seletiva para o Grand Slam Abu Dhabi, que é disparado o campeonato mais organizado e com as maiores premiações do jiu-jitsu no mundo, acontece em janeiro, em Guarapari, no Espírito Santo. Flavinho (como é conhecido) comentou como foi a competição vencida por ele na Cidade Maravilhosa.

“A competição iniciou numa sexta e eu lutei na categoria convencional contra lutadores sem deficiência”, disse o lutador, que não tem a perna esquerda perdida após acidente de trânsito. “Estava bastante concorrido, eram 45 lutadores e quem errasse ficava fora. E acabei errando e perdi na primeira luta”, completou Flavinho comentando que o triunfo veio entre os paratletas de Jiu-Jitsu.


Flavinho finalizou até faixa preta na Arena Caioca 1 (Foto: Divulgação)

“No domingo, lutei no jiu-jitsu paradesportivo. Fiz duas lutas e venci as duas por finalização e fui campeão. Inclusive venci um lutador faixa-preta que tinha a mesma deficiência que eu”, enfatizou Flavinho que venceu a etapa disputa na Arena Carioca 1, palco da Rio 2016.

Com o primeiro lugar no pódio na categoria Classe C (atletas com membros inferiores amputados) Flavinho conquistou 200 pontos no ranking da competição e segue firme nos treinamentos visando a etapa capixaba marcada para os dias 27 e 28 de janeiro.


Flavio Leonardo conquistou 200 pontos na seletiva carioca do Grand Slam (Foto: Divulgação)

“Os treinamentos continuam durante o fim de ano e não tem moleza. No próximo fim de semana vou participar da minha segunda corrida de rua”, disse o paratleta que ganhou notoriedade após percorrer os 6km da Meia Maratona de Manaus Corrida Jovem Pan, usando muletas.

“Assim que cheguei do Rio de Janeiro, entrei de cabeça na venda da minha rifa pra tentar comprar minha prótese e espero conseguir”, revelou o lutador que, com a ajuda dos amigos, promove campanha nas redes sociais na tentativa de adquirir uma prótese adequada para a prática não apenas de corrida, mas para sua mobilidade no dia a dia.

Luta fora dos tatames

Flavinho segue sua luta fora dos tatames na tentativa de comprar uma prótese.A campanha para adquirir o equipamento segue nas redes sociais.

Com o apoio dos amigos, Flavinho está vendendo uma rifa (no valor de R$ 10) com oito premiações. Os felizardos, além de ajudar na compra da prótese de Flavinho (que custa cerca de R$ 20 mil) ainda podem ser contemplados com:


Flavinho segue na campanha por uma prótese adequada para corridas (Foto: Jair Araújo)

1 mês de academia gratuita na Top Fit; 1 conjunto para malhação da “Toda Fit”; uma barca de suchi do EdSushi; 1 kit rastreador e bloqueio de veículo no valor de R$ 500; 1 bronzeamento vip no Spa “Você Dourada; 1 jantar no Açaí no Ponto Vieiralves; Avaliação de emagrecimento com Carlisson Robert. Os interessados em participar da campanha adquirindo a rifa podem entrar em contato com o próprio Flavinho pelo fone: 92 99369-3071

O paratleta também aceita doações em dinheiro através da conta: 0042843-4 - Agência 3739-7 do banco Bradesco, em nome de Flávio Leonardo Neves Ferreira.