Publicidade
Esportes
Craque

Paratletas do AM conquistam medalhas no Open Internacional, em SP

Eles voltam para Manaus na noite deste sábado (26). No domingo (27) a partir das 8h, o incansável Simplício cai nas águas escuras do rio Negro para a disputa da primeira etapa da Maratona Aquática Amazonas 26/04/2014 às 15:47
Show 1
A dupla faz parte do time de campeões apoiados pela Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (SEJEL)
acritica.com Manaus (AM)

Dois paratletas amazonenses do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia (CTARA) brilharam no Open Internacional Brasil Caixa de Atletismo e Natação, disputado no período de 24 a 26 de abril, em São Paulo. Simplício Campos conquistou duas medalhas de bronze na natação, enquanto Janderson Viegas faturou dois bronzes no atletismo.

Nós já sabíamos...

Acostumado aos pódios do Brasil, Simplício ganhou bronze nas provas internacionais dos 100m peito e nos 200m medley. Ele competiu as categorias SB-8 e SM-8, correspondente ao seu grau de deficiência física (amputado no braço esquerdo). Simplício é patrocinado pelo Governo do Amazonas, Prefeitura de Manaus, Equador Petróleo, Banco da Amazônia, Amazon Fit e Espaço Samita.

Fenômeno

Estreante em competições internacionais, Janderson subiu ao pódio com o terceiro lugar nas provas do arremesso do peso e lançamento do disco. Ele competiu na categoria F42, pois é amputado da perna direita.

“Estou muito feliz, pois tenho apenas seis meses de treinamento e já conquistei o Regional e agora fui bronze no Open Internacional. Aqui em São Paulo só perdi para o campeão brasileiro e o campeão mundial”, ressaltou o atleta, que é patrocinado pelo Governo do Amazonas, 80’s Burguer, Jack n’ Blues Pub, Empório do Pão, Atlética Atenas, Rosa Bela Calçados, Brownie.com e Ramos Empreendimentos.

Alto nível

No Open Internacional, mais de 170 nadadores de oito países disputaram medalhas na piscina do Clube Hebraica. A delegação brasileira contou com a sua força máxima na competição chancelada pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês). Além dos integrantes da seleção brasileira principal, a equipe de jovens também esteve presente.

As provas de atletismo do Open foram realizadas no Complexo Esportivo do Ibirapuera e contaram com a presença de 55 atletas estrangeiros, incluindo campeões paralímpicos e mundiais, de 11 países. A competição valeu como uma etapa do Grand Prix de Atletismo do IPC.