Publicidade
Esportes
Craque

Paulo Morgado: "com esse time não vamos a lugar nenhum"

Treinador criticou a forma física dos atletas do Penarol depois do jogo com o Atlético (AC), quando foi derrotado por 3 a 1, de virada, em casa 25/06/2012 às 11:23
Show 1
Paulo Morgado, técnico do Penarol
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

O técnico Paulo Morgado, do Penarol, criticou a postura do time depois da derrota para o Atlético Acreano, por 3 a 1, na estreia da equipe amazonense na Série D do Campeonato Brasileiro, jogando em casa.

O treinador disse que a expulsão do meia Edson Sá, aliada à falta de condicionamento físico dos jogadores, fez com que a equipe perdesse poder de força e saísse derrotada, mesmo jogando em Itacoatiara. Morgado

“Jogamos bastante tempo com um jogador a menos, o time ficou morto em termos físicos. Ainda falta muita coisa para trabalhar. Tivemos que fazer uma substituição de zagueiro, de um meia que morreu (cansou). Foram substituições por cansaço e para um início de campeonato isso não é normal. Já pedi mais esforços, estou aqui a quatro dias e com esse time vamos ter muitas dificuldades”, disse o treinador.

Segundo o treinador, ele espera para o decorrer da semana a chegada de reforços que já foi solicitado junto à diretoria do leão.

“Espero que venham. Não sei se vou estar aqui no próximo jogo, o futebol é isso mesmo. Quando os resultados não aparecem a culpa é do técnico e não estou nada contente com o meu time. Quatro dias não deu para melhorar a equipe, mas assumo a minha responsabilidade”, comentou Morgado.

O próximo jogo do Penarol será no próximo domingo, em Belém, diante do Clube do Remo, que também perdeu na estreia. O time paraense foi à Vilhena (RO) e foi derrotado por 4 a 2.