Publicidade
Esportes
Craque

Peladão 40 anos: Após conquista do bi pelo Grupo Sucesso, técnico despede-se do torneio

A conquista do Grupo Sucesso marcou a despedida do jovem treinador Robson de Souza, que pela segunda vez levou as meninas a levantarem o troféu no lugar mais alto do pódio 04/01/2013 às 14:42
Show 1
Robson de Souza dá aquele apoio moral antes da decisão por pênaltis e da consagração
Antonio Melo Manaus

No terceiro título conquistado pelo Grupo Sucesso (antiga Nilton Lins), do maior campeonato de futebol amador do mundo, não faltaram heróis e heroínas. Uma equipe de campanha impecável na competição mostrou qual o segredo para uma trajetória invicta. A conquista do Grupo Sucesso marcou a despedida do jovem treinador Robson de Souza, que pela segunda vez levou as meninas a levantarem o troféu no lugar mais alto do pódio, ajudando o time a ter o maior número de conquistas no Peladão.

Antes de chegar no Grupo Sucesso, o professor trouxe na bagagem várias experiências que o ajudaram a montar um time vitorioso. Em 2005 e 2006, trabalhou nas categorias de base do Atlético Rio Negro Clube como preparador físico do juvenil e juniores. Em 2007 jogou profissional pelo time do America no campeonato amazonense. No ano de 2008 jogou a serie B do amazonense pela Nilton Lins e mais uma vez agora em 2010 e 2011 teve sua trajetória voltada para o Rio Negro onde foi supervisor de futebol do clube.

No segundo semestre de 2010, Robson recebeu o convite para treinar a Nilton Lins no Peladão e conquistou o título. Em 2011 ficou em terceiro colocado. No primeiro semestre de 2012, trabalhou como auxiliar técnico do treinador Paulo Morgado no Fast Clube. Em junho voltou a treinar o Grupo Sucesso, conquistando o bicampeonato em cima do maior rival da equipe, o Apollo.

Em 2013, o treinador de 32 anos almeja vôos mais altos em sua carreira. Atualmente professor e supervisor no centro de convivência da família, ele planeja fazer um curso de qualificação pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e planeja futuramente ser técnico de uma equipe profissional.

“Aprendi muito com todas essas passagens que tive. Tive muitos aprendizados na Nilton Lins, mas infelizmente não tive meu trabalho reconhecido e valorizado. Sou muito grato a professora Lilian Valente que me deu a oportunidade de mostrar meu trabalho e me deu condições para isso. Agradeço a todas as guerreiras do Grupo Sucesso que me ensinaram muito”, disse o jovem professor que guardará na memória grandes recordações de sua passagem no Grupo Sucesso.