Publicidade
Esportes
Craque

Peladão 40 anos: Despedida da rainha Jéssica Sepatine

Conheça a rotina da beldade. Ela está se despedindo do maior torneio de peladas um ano depois da coração 05/10/2012 às 08:18
Show 1
Jéssica Sepatine recebeu convites até para ensaios mais sensuais, e disse que o Peladão abriu portas para sua vida profissional
Nathália Andrade Manaus

 “Ser a rainha do Peladão para mim não é apenas exalar beleza, mas é ter responsabilidade com o maior campeonato de Peladas do Mundo. Quero me programar para poder cumprir a todos os meus compromissos com o Peladão”. Essas foram as palavras de Jéssica Sepatine, 21, no dia em que foi coroada Rainha do Peladão Verde, em 10 de dezembro de 2011. Quase um ano depois, Jéssica aproveita os últimos momentos como Rainha, com a certeza de que tudo valeu a pena.

“Na época as coisas foram muito difíceis, eu conciliava os compromissos da competição com minha faculdade de administração e o curso de comissária de bordo, que também sempre foi um sonho pra mim. Em vários momentos achei que não fosse conseguir dar conta, mas sempre fui incentivada por minha família e amigos”, disse.

Dona de uma história de vida digna das páginas de um livro, Jéssica afirma que, quanto à correria do dia a dia, pouca coisa mudou. “Continua tudo uma loucura”, disse ela, entre risos.

“Meu tempo é dividido entre os compromissos como Rainha do Peladão e com outros trabalhos que tenho feito como modelo, a faculdade e meu trabalho, pelo qual sou apaixonada”, explicou ela, que conseguiu concluir o curso de comissária de bordo e hoje “voa” quase todos os dias. Jéssica ainda encontra tempo para namorar e sair com as amigas.

Oportunidades
“Esse é um concurso que abre muitas portas. É uma vitrine que nos expõe de forma positiva, pois surgem muitos trabalhos e oportunidades de crescimento profissional” observou Jéssica, que, após ter sido eleita, já recebeu convites para participar de outros concursos, gravação de comerciais, desfiles de moda e até para protagonizar um ensaio sensual, que foi recusado pela bela.

Atualmente, Jéssica está em fase final de preparação para mais um desafio. Ela, que é a Miss Amazonas Latina 2013, será a representante do Estado em um concurso de beleza nacional que será realizado no final deste mês, em Porto de Galinhas, Pernambuco. “O concurso me exigiu perder um pouco de peso, pois as meninas são mais magrinhas mesmo, bem corpinho de miss, sabe? Serão 27 candidatas de todos os estados do Brasil, mas estou confiante e quero representar bem o Amazonas”.

Experiente
Quando o assunto é passar a coroa à diante, Jéssica diz que já sente uma pontinha de saudade. “Foi um ano tão bonito, de tantas conquistas, que o coração aperta só de pensar na despedida. Mas sei que outro reinado vai começar e espero que a candidata eleita saiba agarrar todas as oportunidades, honrar os compromissos e tenha orgulho de carregar a faixa de Rainha. Tudo isso sem esquecer que o Peladão não é só um rostinho bonito, inteligência e personalidade contam muito. Boa sorte a todas, estou pronta para coroar uma delas”, finalizou a realeza.

Agradecimento: Aeroclube do Amazonas. Contato: 3651-1608.

Blog - Jéssica Sepatine - Rainha do Peladão Verde 2011

  “Lembro que em uma das etapas, eu tive a certeza de que seria mais uma vez eliminada, pois a Baby (Rizzato) chamou quatro das cinco finalistas que estavam sendo escolhidas naquele dia e eu não estava entre elas. Só restava uma vaga, muitas meninas bonitas esperando e eu era puro nervosismo. Quando ela disse meu nome, a emoção tomou conta de mim. Vi que os sacrifícios que eu havia feito não tinham sido em vão e que eu estava no páreo para ser o que sou hoje, Rainha do Peladão”, relembrou.

No concurso de rainhas do Peladão de 2010, Jéssica foi desclassificada da competição e não chegou a ser finalista, mas não desanimou. Já em 2011, por pouco ela  não ficou de fora da competição. Isso porque, mesmo com toda a vontade de participar, Jéssica não encontrava um time para representar. Foi aos 45 minutos do segundo tempo, nos últimos dias para a inscrição, que ela conseguiu se tornar a musa do Castelli F.C.