Publicidade
Esportes
Semifinal

Penarol erra muito diante do Manaus FC e dá adeus ao Barezão 2018

Mesmo sendo a equipe de melhor campanha da fase de classificação do Estadual, o Leão da Velha Serpa perdeu por 3 a 0 para o Gavião e foi eliminado do torneio 31/03/2018 às 20:03 - Atualizado em 31/03/2018 às 20:12
Show aaq
Sem o parceiro Branco, Railson pouco pode fazer diante do manaus FC (Foto: Denir Simplício)
Denir Simplício Manaus (AM)

Em jogo que os detalhes pesaram muito no placar final, a equipe do Penarol foi derrotada por 3 a 0 pelo Manaus FC, na noite deste sábado (31), na Arena da Amazônia e foi eliminada do Campeonato Amazonense 2018. O duelo entre o Leão da Velha Serpa e o Gavião do Norte valia vaga na final do returno do Barezão. 

Com gols de Derlan, Hamilton e Romarinho, o time dirigido pelo técnico Igor Cearense avança no torneio e decidirá a taça do segundo turno diante do Princesa do Solimões. O Tubarão do Norte bateu o Rio Negro também na tarde deste sábado, no estádio Gilbertão, em Manacapuru, e  se qualificou para a decisão do returno do Amazonense.

O jogo

A partida começou morna e sem muitas emoções. Mesmo atuando longe de casa, o Penarol trouxe grande torcida para a Arena que empurrou o time do começo ao fim da partida. 

Mas emoção mesmo somente aos 11min, quando Cleitinho chega bem pela direita e cruza para Rossini que se estica todo mas não alcança a bola. No lance seguinte, Wander invade a área pela direita , passa por Rascifran e bate pro gol. Emerson estava na cobertura e tirou o gol do Manaus FC em cima da linha.

Melhor na partida, o time dirigido por Igor Cearense manda no jogo. Aos 14min, Hamilton é lançado m grande área, domina e gira pra cima de Thiago Brandão. O camisa 25 do Gavião chuta fraco nas mãos de Rascifran.

Aos 23min, Manaus FC tem cobrança de falta pela intermediária esquerda do ataque. Cleitinho cobra e acha Derlan livre na pequena área para abrir o placar a favor do Gavião. 1 a Manaus FC.

A equipe do Penarol erra muitos passes, principalmente na saída de bola. Num desses equívocos da defesa, o lateral Igor retoma a posse de bola, se lança ao ataque e por pouco não aumenta placar para o Manaus FC.

Rascifran se machucou no fim do primeiro tempo e piorou a situação do Penarol (Foto: Denir Simplício)

O jogo seguia para o final do primeiro tempo quando aos 46 minutos, Cleitinho cobra escanteio na cabeça de Hamilton que faz 2 a 0 pro Manaus FC. No lance, o goleiro do Penarol, Rascifran, se machuca e teve de ser substituído por Dida.

Segundo tempo e eliminação

O segundo tempo começa e o Leão da Velha Serpa vem com tudo pra cima do Gavião. Aos 8min, Marinelson recebe na cabeça da grande área e chuta. A zaga corta e na sobra Leozinho finaliza, mas Jonathan desvia pra escanteio. Aos 12min, He-Man, que substituiu Juninho lesionado, tenta de longe e assusta a meta de Dida. 

Aos 17min, o jogo, que já estava sem brilho, quase fica às escuras. Parte da iluminação da Arena da Amazônia sofre um apagão e a partida é paralisada.

A luz retorna, mas o bom futebol não. A partida segue amarrada e somente aos 32 minutos um lance de perigo volta a levantar a torcida na Arena. Negueba cobra falta com força e a bola tira tinta da trave esquerda de Dida.

O duelo esquenta um pouco e Railson resolve aparecer no ataque do Leão penarolense. O camisa 10 do Penarol chega na linha de fundo e cruza pra trás, Leozinho domina e fuzila, mas Jonathan salva o Manaus FC. Logo em seguida foi a vez do garoto Kaio driblar a marcação e bater cruzado para nova defesa do arqueiro do Gavião.

Quando o Leão da Velha Serpa tentava o último suspiro veio o golpe de misericórdia do Gavião do Norte. O veloz Romarinho recebe na frente, passa como uma flecha pela defesa, dribla o goleiro Dida e rola macio pro fundo do gol. 3 a 0 pro Manaus FC e classificação garantida pra final do returno do Barezão 2018.

Romarinho deu números finais ao jogo (Foto: Denir Simplício)

Segundo o diretor de futebol da base da FAF, Thiago Durante, a final do returno do Barezão entre Manaus FC e Princesa do Solimões acontece na próxima quarta-feira (4), às 20h, na Arena da Amazônia. 

 

Publicidade
Publicidade